Língua hacá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Língua hacá (客家語 / 客家話)
Pronúncia:Hak5 Ga1 Ngi1/ Hak5 Ga1 Va4
Falado em:  China:
Especialmente em regiões de língua hacá, incluindo Fuquiém, Ainão, Jiangxi e província de Cantão
Taiwan:
Diáspora Taiwan a partir das regiões de língua hacá.
 Hong Kong:
É uma das línguas indígenas em Hong Kong.
Noutros países:
Principalmente no Sudeste Asiático, incluindo Malásia, Indonésia, Timor, Tailândia, Filipinas.
Total de falantes: 44 milhões
Família: Sino-tibetana
 Chinês
  Língua hacá
Estatuto oficial
Língua oficial de: Taiwan
Regulado por: sem regulação oficial
Códigos de língua
ISO 639-1: zh
ISO 639-2: chi (B)zho (T)
ISO 639-3: hak

O hacá ou hakka ( /ˈhækə/)[1] (chinês simplificado: 客家语/ 客家话; chinês tradicional: 客家語/ 客家話; hacá: Hak5 Ga1 Ngi1/ Hak5 Ga1 Va4; pinyinKèjiā Yǔ/ Kèjiā Huà) é uma das principais subdivisões ou variedades da língua chinesa. É falada nativamente pelos povos hacá no sul da China, Taiwan, Hong Kong e ao longo das áreas onde está a diáspora hacá, principalmente no Extremo Oriente e no Sudeste da Ásia. Ela é uma transição entre a língua mandarim e o cantonês.

Língua ou dialeto?[editar | editar código-fonte]

Ainda que os chineses prefiram falar de dialetos (方言, fāngyán) ao referir-se às variedades do chinês falado, a inteligibilidade mútua entre estes é praticamente nula, pelo que muitos linguistas consideram o chinês uma família de línguas, e não uma língua única.

Em verde, as áreas de língua hacá na China e em Taiwan.

Referências

  1. Laurie Bauer, 2007, The Linguistics Student’s Handbook, Edinburgh

Ligações externas[editar | editar código-fonte]