La Madrague

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde setembro de 2012). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.
"La Madrague"
Canção de Brigitte Bardot
Lançamento 1963
Gravação 1963
Gênero(s) Pop
Letra Jean-Max Rivière
Composição Gérard Bourgeois

"La Madrague" é uma das primeiras e mais famosas canções pop francesas cantada por Brigitte Bardot. Foi composta no ano de 1963 por Jean-Max Rivière e musicada por Gérard Bourgeois.

História[editar | editar código-fonte]

O título da canção vem do nome da mansão que Bardot comprou em 1962 na praia de Saint-Tropez, onde ela retirou-se para fugir do clamor e da bagunça das grandes cidades.

Foi cantada, pela primeira vez, na emissão Bonne année Brigitte, o vídeo-clipe foi feito em La Madrague mesmo e à beira do mar de Saint-Tropez.

Diferentes versões[editar | editar código-fonte]

  • Em 28 de setembro de 2009, no dia de aniversãrio de 75 anos de Brigitte Bardot, La Madrague é o primeiro single do álbum Marie-France visite Bardot, da cantora Marie France (JPB Production).
  • Loana Petrucciani, ganhadora de um reality show francês, cantou sua versão da canção em 2010. Na hora de gravar o vídeo clipe, a cantora teria declarado que Brigitte Bardot acabava de abrir as portas de La Madrague para ela. Essa afirmação foi negada por Bernard d'Ormale, marido de Brigitte que delarou:
    Deve parar de contar qualquer coisa para se promover. Absolutamente Brigitte Bardot não vai abrir as portas da Madrague à Loana, que como Paris Hilton, é uma daquelas pessoas que são inúteis. Eu não entendo como alguns meios de comunicação dão importância a essas coisas.[1]
    — Bernard d'Ormale

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma canção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.