La Wally

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
La Wally
A Wally
Idioma original Italiano
Compositor Alfredo Catalani
Libretista Luigi Illica
Tipo do enredo Trágico
Número de atos quatro
Ano de estreia 1892
Local de estreia Teatro alla Scala, Milão

La Wally é uma ópera em quatro atos do compositor italiano Alfredo Catalani, com libreto de Luigi Illica. A primeira récita ocorreu no Teatro alla Scala de Milão, em 20 de janeiro de 1892.

O libreto baseou-se na bem sucedida peça de teatro Die Geyer-Wally, Eine Geschichte aus den Tyroler Alpen (literalmente "O abutre-Wally - uma história dos Alpes tiroleses"), de Wilhelmine von Hillern (1836-1916). O drama tem lugar numa aldeia do Tirol, onde a heroína se recusa a aceitar o casamento arranjado por seu pai.

A ópera ficou conhecida pela famosa ária Ebben? Ne andrò lontana (Ato I), cantada por Wally quando decide deixar definitivamente a sua família. Catalani já tinha composto essa ária em 1878, com o título Chanson Groënlandaise, e decidiu posteriormente incorporá-la à ópera. Ebben?... foi utilizada com grande proeminência no filme de Jean-Jacques Beineix, A Diva e os Gangsters, de 1981.

Esta ópera contém também uma das mais memoráveis cenas de suicídio operáticos - quando a heroína se atira para uma avalanche em curso.

Personagens[1][editar | editar código-fonte]

  • Wally (soprano)
  • Stronmminger, pai de Wally (baixo)
  • Vincenzo Gellner
  • Giuseppe Hagenbach
  • Afra (mezzosoprano)
  • Walter, tocador de cítara
  • Il Pedone

Discografia[editar | editar código-fonte]

Orquestra Nacional da Ópera de Monte Carlo, dirigida por Fausto Cleva, e Coro de Turim (1968). Intérpretes: Renata Tebaldi (Wally); Justino Diaz (Stronmminger); Piero Cappuccilli (Vincenzo Gellner); Mario del Monaco (Giuseppe Hagenbach); Stefania Malagu (Afra); Lydia Marimpietri (Walter); Alfredo Mariotti (Il Pedone). - Decca

Orquestra Filarmônica de Berlim, dirigida por Herbert von Karajan, e Coro de Ópera alemã Berlim (1976). Intérpretes: Mirella Freni (Wally); Ruggero Raimondi (Stronmminger); Sherrill Milnes (Vincenzo Gellner); José Carreras (Giuseppe Hagenbach); Hanna Schwarz (Afra); Janet Perry (Walter); Alexander Malta (Il Pedone). - Deutsche Grammophon

Orquestra Filarmônica de Los Angeles, dirigida por Carlo Maria Giulini, e Coro de Roger Wagner (1981). Intérpretes: Katia Ricciarelli (Wally); Samuel Ramey (Stronmminger); Leo Nucci (Vincenzo Gellner); Plácido Domingo (Giuseppe Hagenbach); Ann Murray (Afra); Barbara Hendricks (Walter); Robert Lloyd (Il Pedone). - Deutsche Grammophon

Orquestra da Rádio de Munique, dirigida por Pinchas Steinberg, e Coro da Rádio da Baviera (1990). Intérpretes: Eva Marton (Wally); Francesco Ellero d’Artegna (Stronmminger); Alan Titus (Vincenzo Gellner); Francisco Araiza (Giuseppe Hagenbach); Birgit Calm (Afra); Julie Kaufmann (Walter); Michele Pertusi (Il Pedone). - Eurodisc

Referências

  1. (em italiano) La Wally, riduzione drammatica in quattro atti. Libretto di Luigi ILLICA. Musica di Alfredo CATALANI.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]