Laurência

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Laurentia redireciona para este artigo. Para o gênero botânico, veja Laurentia (planta).
Laurência, também designado por cratão norte-americano.

Laurência (também conhecido como cratão norte-americano), como todos os terrenos cratónicos, foi criada quando os continentes começaram a deslocar-se sobre a superfície da Terra, chocando entre si e afastando-se sucessivamente.[1]

Muitas vezes durante o seu passado, a Laurência foi um continente separado, tal como actualmente sob a forma da América do Norte. Durante outros períodos do seu passado foi parte de um supercontinente. É assim designado devido ao escudo laurenciano sobre ele situado, e que por sua vez deve o seu nome ao rio São Lourenço.[2]

A Laurência deve a sua existência a uma rede de cinturas orogénica do início do Proterozoico. Pequenos microcontinentes e ilhas oceânicas colidiram com a crescente Laurência, e todos juntos formaram o cratão estável que vemos ainda hoje.[3]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Referências

  1. Geology of the North American Craton during the Phanerozoic. Ver: http://instruct.uwo.ca/earth-sci/300b-001/nacraton.htm#Begin
  2. Ver aretigo de Michael Anissimov em:http://www.wisegeek.com/what-is-laurentia.htm
  3. Dalziel, I.W.D., 1992 On the organization of American Plates in the Neoproterozoic and the breakout of Laurentia: GSA_Today, 2, 11, 237-241.