Austrália (continente)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A plataforma continental (azul claro) é contígua com a Nova Guiné, mas não com outras ilhas do Pacífico, como a Nova Zelândia.

Em geologia, Austrália (também chamada Austrália-Nova Guiné, Sahul, Oceania, Meganésia, Grande Austrália, Australásia, ou Australinea) é um continente que compreende a Austrália, Nova Guiné, Tasmânia, e algumas ilhas menores, todas na mesma plataforma continental. Estes territórios estão separados por vários mares e estreitos: Mar de Arafura, Estreito de Torres e Estreito de Bass.

Quando o nível do mar era mais baixo, durante a era glacial do Pleistoceno, há cerca de 18 000 anos, todas eram uma mesma massa continental.

A Nova Zelândia não está na mesma plataforma continental e assim não faz parte do continente australiano, mas é parte do continente submerso da Zelândia e da região vasta conhecida como Oceania.

A Austrália com seus 7 686 850 km² quilômetros quadrados, tem uma área três vezes maior que a Groenlândia, porém a maior parte dos geógrafos não a considera uma ilha. Por sua grande dimensão, ela é considerada a porção continental da Oceania.

No entanto, é classificada pelo Governo Australiano (Dep. de Negócios Estrangeiros e Comércio) como a maior ilha do mundo e o menor continente.[1]

Localização da Austrália-Nova Guiné no mapa-múndi.

Referências

  1. Department of Foreign Affairs and Trade (2005). «The island continent». Department of Foreign Affairs and Trade. Consultado em 2007-06-18.