Le Manoir magique

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Le Manoir Magique)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Le Manoir Magique
A Casa da Magia (PRT)
A Mansão Mágica (BRA)
 Bélgica  França
 Estados Unidos

2013 •  cor •  85 min 
Realização Ben Stassen
Jeremy Degruson
Produção Nadia Khamlichi
Adrian Politowski
Ben Stassen
Caroline Van Iseghem
Gilles Waterkeyn
Elton John (não creditado)
Produção executiva Vincent Philbert
Argumento James Flynn
Dominic Paris
Ben Stassen
História Ben Stassen
Elenco Henri Bungert
Bernard Alane
Alexis Victor
Patrick Bethune
Patrick Poivey
Céline Monsarrat
Ethel Houbiers
Género animação
comédia
fantasia
Música Ramin Djawadi
Cinematografia Peter Ramesy
John H. Willams
Companhia(s) produtora(s) Rocket Pictures
nWave Pictures
StudioCanal International
Anton Capital Entertainment
uMedia
Distribuição Bélgica Belga Films
Portugal ZON Audiovisuais
Brasil Imagem Filmes
Lançamento Bélgica 25 de dezembro de 2013
Portugal 20 de março de 2014
Brasil 6 de novembro de 2014
Idioma francês
Orçamento 25 000 000 euros[1]
Receita US$ 64 197 205 [2]
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Le Manoir Magique (A Casa da Magia (título em Portugal) ou A Mansão Mágica (título no Brasil)) é um filme de animação belga de comédia e fantasia, realizado por Jeremy Degruson e Ben Stassen e produzido por Nadia Khamlichi, Adrian Politowski, Ben Stassen, Caroline Van Iseghem e Gilles Waterkeyn. O filme estreou na Bélgica em 25 de dezembro de 2013, em Portugal em 20 de março de 2014[3][4][5] e no Brasil em 6 de novembro de 2014.[6][7]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O filme foca num gato que foi abandonado quando criança, que busca abrigo na casa de um velho mágico aposentado.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Personagem Bélgica Original Portugal Portugal
Trovão Henri Bungert
Lorenz /Lorenzo Bernard Alane Luís de Matos[1]
Daniel Alexis Victor
Chihuahua Patrick Bethune
Jack Patrick Poivey
Maggie Céline Monsarrat
Carla Ethel Houbiers

Recepção[editar | editar código-fonte]

Crítica de cinema[editar | editar código-fonte]

No Rotten Tomatoes, o filme teve uma classificação de 70%, com base em 27 críticas, o filme recebeu o seguinte consenso: "O personagem Trovão e a Casa da Magia carecem de uma narrativa profunda e real, mas o seu visual esplendor disponibilizou uma compensação suficiente para os espectadores mais jovens."[8] No Metacritic, o filme teve recepção mista por parte da crítica especializada, que atribuiu uma classificação média ponderada fora de 100%, o filme recebeu uma pontuação média de 47% com base em 13 críticas profissionais.[9]

Bilheteira[editar | editar código-fonte]

O filme arrecadou US$ 4091 nos Estados Unidos e US$ 64 193 114 no estrangeiro, com a receita bruta de US$ 64 197 205.[2]

Referências

  1. a b Paula Mourato (21 de março de 2014). «'A Casa da Magia' com a voz de Luis de Matos». Diário de Notícias. Consultado em 10 de novembro de 2017 
  2. a b «Thunder and the House of Magic! : Total Lifetime Grosses : Worldwide:» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 10 de novembro de 2017. Arquivado do original em 10 de novembro de 2017 
  3. «A Casa da Magia (2013)». FilmSPOT. Consultado em 7 de junho de 2015 
  4. «A Casa da Magia». SAPO Cinema (SAPO). Consultado em 7 de junho de 2015 
  5. «A Casa da Magia». CineCartaz (Público). Consultado em 7 de junho de 2015 
  6. «A Mansão Mágica». AdoroCinema. Consultado em 7 de junho de 2015 
  7. «A Mansão Mágica». Guia (Gazeta do Povo). Consultado em 7 de junho de 2015 
  8. «The House of Magic» (em inglês). Rotten Tomatoes. Consultado em 7 de junho de 2015 
  9. «The House of Magic Reviews» (em inglês). Metacritic. Consultado em 7 de junho de 2015 
Ícone de esboço Este artigo sobre animação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.