Liane Margarida Rockenbach Tarouco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Liane Tarouco
Nascimento 22 de janeiro de 1947 (75 anos)
Cerro Largo, RS
Nacionalidade brasileira
Cônjuge Luiz Carlos da Silva Tarouco
Alma mater UFRGS / USP
Instituições Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Campo(s) física, informática, engenharia elétrica

Liane Margarida Rockenbach Tarouco (Cerro Largo, 22 de janeiro de 1947) é uma física brasileira e uma das pioneiras da Internet brasileira.[1] É autora do primeiro livro sobre redes de computadores do Brasil.[2] Foi empossada no Internet Hall of Fame em 2021.[3]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Liane Tarouco nasceu em 1947 em Cerro Largo, então pertencente ao município de São Luiz Gonzaga, no interior do Rio Grande do Sul. É filha do fiscal da receita Arthur Eugenio Rockenbach[4] e Eugenia Margarida Dillenburg Rockenbach[5].

Em 1971 casou com o empresário Luiz Carlos da Silva Tarouco, com quem teve 3 filhos: Larson, Lauren e Liliane.[6]

Carreira acadêmica[editar | editar código-fonte]

Durante a década de 1960 iniciou sua graduação em Licenciatura em Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul.[7] Durante esse período foi bolsista do Departamento Municipal de Água e Esgotos (DMAE) de Porto Alegre, e foi uma das pessoas selecionadas para fazer um curso de programação quando o DMAE preparava-se para comprar seu primeiro computador, tendo seu primeiro contato com a área de informática.[2]

Em 1970 graduou-se em Licenciatura em Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul[7] e começou a trabalhar na UFRGS como professora de informática.

Em 1973 participou no Rio de Janeiro de um curso ministrado por Leonard Kleinrock, pioneiro da ARPANET, e passou a se dedicar à área de redes de computadores, iniciando na época o projeto Rede Sul de Teleprocessamento (RST), a primeira iniciativa de interligação de universidades via redes de computadores no Brasil, que não chegou a se concretizar devido aos custos.[8][9]

Em 1976 obteve o título de mestre em Ciências da Computação na UFRGS e em 1977 lançou o livro Redes de Comunicação de Dados pela editora LTC, primeiro livro sobre o assunto no país.[2]

Durante os anos 1980 participou de projetos de pesquisa de redes na UFRGS e em 1990 obtém o título de doutora em Engenharia Elétrica/Sistema Digitais pela Universidade de São Paulo.[7]

Coordenou o projeto que resultou em 1993 na criação da Rede Tchê, a rede de computadores que integra universidades e centros de pesquisa localizados no estado do Rio Grande do Sul.[10]

Participou de 2010 a 2013 do projeto REMOA (Rede-Cidadã de Monitoramento do Ambiente baseado em Conceitos da Internet das Coisas), um projeto para o monitoramento remoto de pacientes com doenças crônicas baseado nos conceitos da Internet das Coisas para prover a comunicação autônoma de dispositivos de monitoramento viabilizando a constante obtenção de informações a respeito do paciente monitorado e de forma não intrusiva.[11] Atuou junto ao Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação da UFRGS principalmente na área de Gerência e Segurança de Redes.[2][12] e atualmente junto ao programa de Pós Graduação em Informática na Educação, como professora, pesquisadora e orientadora investigando o projeto e construção de laboratórios virtuais em mundos imesivos.

Ocupa no momento o cargo de Diretora do Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Prêmios e títulos[editar | editar código-fonte]

  • 2021 - Empossada no Internet Hall of Fame.[13]
  • 2020 - Prêmio Destaques em Governança de Internet., Comitê Gestor da Internet no Brasil.
  • 2020 - Premio Alberto Courrege Gomide, Grupo de Trabalho em Engenharia e Operação de Redes e Grupo de Trabalho em Segurança de Redes NICbr.
  • 2018 - 3o lugar I Workshop Inovação Tecnológica, CAPES.
  • 2017 - Workshop Internet das Coisas na Educação - 2o lugar, SBC-CBIE-II WICE.
  • 2017 - 2o. Lugar Concurso de Teses e Dissertações (orientadora da tese premiada), Sociedade Brasileira de Computação.
  • 2017 - Menção honrosa Prêmio CAPES de Tese (corientadora da tese premiada), CAPES.
  • 2013 - Prêmio Destaque SBRC 2013, Simpósio Brasileiro de Redes de Computadores da Sociedade Brasileira de Computação.
  • 2011 - Reconhecimento de Mérito Acadêmico, Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
  • 2010 - Melhor trabalho técnico do Simpósio Brasileiro de Segurança da Sociedade Brasileira de Computação.
  • 2006 - Prêmio SUCESU 40 anos - Personalidade mais importante da Informática, SUCESU - Associação de Usuários de Informática e Telecomunicações.
  • 2006 - Prêmio SUCESU 40 anos - Destaque como fato relevante na década 1976-1985, SUCESU - Associação de Usuários de Informática e Telecomunicações.
  • 2006 - Melhor trabalho técnico do Simpósio Brasileiro de Informática na Educação da Sociedade Brasileira de Computação.
  • 2001 - 10 melhores trabalhos do SBRC - Simpósio Brasileiro de Redes de Computadores da Sociedade Brasileira de Computação.
  • 1999 - Medalha Cidade de Porto Alegre pelos serviços prestados à cidade no projeto de uma rede metropolitana de alta velocidade, concedido pela Prefeitura Municipal de Porto Alegre.
  • 1995 - Silver Core, pela International Federation for Information Processing (IFIP).
  • 1990 - IFIP Award, pela International Federation for Information Processing (IFIP).
  • 1987 - Segundo Melhor Trabalho Técnico, SUCESU-SP.
  • 1983 - Melhor Trabalho Técnico apresentado no Congresso Nacional de Informática da SUCESU - Associação de Usuários de Informática e Telecomunicações.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Tarouco, L.M.R.; COSTA, V. M. (Org.) ; ÁVILA, Bárbara Gorziza (Org.) ; BEZ, M. R. (Org.) ; Santos, Edson (Org.) . Objetos de Aprendizagem: teoria e prática. Porto Alegre, Editora Evangraf, 2014.
  • Tarouco, L.M.R. Redes de Computadores: Locais e de Longa Distância. São Paulo, Editora MCGRAW HILL, 1986.
  • Tarouco, L.M.R.. Beuren, C.. A Linguagem do Teleprocessamento. Rio de Janeiro, Editora Coencisa, 1982.
  • Tarouco, L.M.R.. Recuperação de Informações. Porto Alegre, Editora Ema Ltda, 1977.
  • Tarouco, L.M.R.. Redes de Comunicação de Dados. Rio de Janeiro, Editora LTC - Livros Técnicos e Científicos, 1977.

Referências

  1. «"Quero vestir computação", diz primeira pesquisadora de internet no Brasil». Consultado em 24 de agosto de 2016 
  2. a b c d «Grandes Mulheres da TI: Liane Tarouco». 30 de julho de 2009. Consultado em 24 de agosto de 2016. Arquivado do original em 16 de setembro de 2016 
  3. «Liane Tarouco | Internet Hall of Fame». www.internethalloffame.org. Consultado em 16 de dezembro de 2021 
  4. «Arthur Eugenio Rockenbach» 
  5. «Eugenia Margarida Dillenburg» 
  6. «Genealogia Rockenbach». penta2.ufrgs.br. Consultado em 24 de agosto de 2016 
  7. a b c «Liane Margarida Rockenbach Tarouco» 
  8. Knight, Peter T. (19 de maio de 2014). A Internet no Brasil: Origens, Estratégia, Desenvolvimento e Governança. [S.l.]: AuthorHouse. ISBN 9781496904072 
  9. Carvalho, Marcelo Sávio Revoredo Menezes de (Setembro de 2006). «A trajetória da Internet no Brasil: do surgimento das redes de computadores à instituição dos mecanismos de governança» (PDF) 
  10. «Rede Tchê - histórico». www.tche.br. Consultado em 24 de agosto de 2016 
  11. «Projeto REMOA — REMOA». www.ufrgs.br. Consultado em 24 de agosto de 2016 
  12. «Profª Liane Tarouco fala à revista Época». 24 de maio de 2016. Consultado em 24 de agosto de 2016 
  13. «Liane Tarouco | Internet Hall of Fame». www.internethalloffame.org. Consultado em 16 de dezembro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) cientista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.