Lizardo Montero Flores

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Lizardo Montero Flores
Presidente do Peru
Período 15 de Janeiro de 1881
a 28 de Outubro de 1883
Antecessor(a) Francisco García Calderón
Sucessor(a) Andrés A. Cáceres Dorregaray
Dados pessoais
Nascimento 27 de maio de 1832
Piura
Morte 5 de fevereiro de 1905

Lizardo Montero Flores (Piura; 27 de maio de 18325 de fevereiro de 1905)[1] foi um político e Presidente do Peru de 15 de Janeiro de 1881 a 28 de Outubro de 1883.

Serviu brevemente como Presidente Provisório da República do Peru em 1881, durante a Guerra do Pacífico.

Vida[editar | editar código-fonte]

Lizardo Montero ingressou na Marinha do Peru na década de 1850. Sete anos depois, a bordo da fragata Apurímac, apoiou o golpe de Manuel Ignacio de Vivanco. Entre 1858 e 1862 ele viajou para a Espanha.

Em 1865, ele apoiou o general Mariano Ignacio Prado em seu golpe de estado contra o general Juan Antonio Pezet. Ele foi então promovido ao posto de capitão de corveta e estava no comando do esquadrão peruano durante o conflito com a Espanha em 1866.

Em 1871, Montero estava entre os fundadores do Partido Civilista. Ele foi escolhido senador por sua Piura natal e, cinco anos depois, foi promovido ao posto de almirante. Após a declaração da guerra do Prado, Montero Flores foi nomeado chefe militar e político das províncias do sul do Peru.

Depois de uma breve derrota em uma campanha naval, ele partiu para Lima, onde se juntou às forças de Nicolás de Piérola. Ele lutou na Guerra do Pacífico durante as batalhas de San Juan e de Miraflores em janeiro de 1881. Após a ocupação de Lima, partiu para Huaraz como chefe militar e político das províncias do norte. Em 1881 foi escolhido como primeiro vice-presidente Francisco García Calderón.[2]

Após a deportação de García Calderón, Montero foi nomeado presidente interino e iniciou as negociações de paz com o governo do Chile. Sua recusa em ceder qualquer território ao Chile o forçou a transferir brevemente o congresso peruano para Arequipa. Montero deixou o país após o Tratado de Ancón em 1883. Em 1890, ao retornar ao Peru, foi novamente nomeado senador por sua Piura natal.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Peru». worldstatesmen.org. Consultado em 27 de maio de 2021 
  2. Abog. Freddy Ronald Centurión González. «LA INSTITUCIÓN DE LA VICEPRESIDENCIA DE LA REPÚBLICA EN LA CONSTITUCIÓN PERUANA» (PDF). Consultado em 19 de outubro de 2019. Arquivado do original (PDF) em 19 de outubro de 2019 

Precedido por
Francisco García Calderón
Presidente do Peru
1881 - 1883
Sucedido por
Andrés A. Cáceres Dorregaray
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.