Remigio Morales Bermúdez

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Remigio Morales Bermúdez
Presidente do Peru
Período 10 de Agosto de 1890
a 1 de Abril de 1894
Antecessor(a) Andrés A. Cáceres Dorregaray
Sucessor(a) Justiniano Borgoño
Dados pessoais
Nascimento 30 de Setembro de 1836
Pica
Morte 1894
Lima

Remigio Morales Bermúdez (Pica, 30 de Setembro de 1836Lima, 1894)[1] foi um político e Presidente do Peru de 10 de Agosto de 1890 a 1 de Abril de 1894.[2][3]

Vida[editar | editar código-fonte]

Foi um militar que lutou na Guerra do Pacífico, atuando na campanha terrestre do sul, na defesa de Lima e na campanha de Breña, nesta última sob o comando do General Andrés A. Cáceres, de quem se tornou um político ferrenho apoiante. Ele lutou contra Miguel Iglesias e foi o primeiro vice-presidente do primeiro governo de Cáceres. Apoiado na caça, conquistou a presidência em 1890. Seu governo foi discreto, não realizando grandes obras públicas, limitando-se a dar continuidade à política do presidente anterior. Ele exerceu forte repressão contra partidários de Nicolás de Piérola e outros grupos políticos. No aspecto internacional, não chegou a acordo de fronteira comEquador como o Tratado García-Herrera não foi aprovado pelo Congresso Peruano. Da mesma forma, sua gestão foi orientada a preparar o plebiscito a ser realizado em Tacna e Arica ocupados pelos chilenos, conforme previsto no Tratado de Ancón, mas este não se concretizou, devido à falta de acordos sobre quem deveria votar no plebiscito com o Chile. Já após seu governo, ele adoeceu gravemente de repente e morreu em 1º de abril de 1894. Ele foi substituído por seu segundo vice-presidente, Justiniano Borgoño. Esta polêmica sucessão presidencial, que deixou de lado o primeiro vice-presidente Pedro Alejandrino del Solar. Para favorecer o retorno ao poder do General Cáceres, deu origem a uma sangrenta guerra civil, após a qual foi inaugurado o governo constitucional de Nicolás de Piérola.[4][5][6][7][8]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Evoy, Carmen Mc (1995). The Republican Utopia: Ideals and Realities in the Formation of Peruvian Political Culture, 1871-1919 (em espanhol). San Diego: University of California, San Diego. p. 474 
  2. Bethell, Leslie (1984). The Cambridge History of Latin America: c. 1870 to 1930 (em inglês). Cambridge: Cambridge University Press. p. 599 
  3. Belaúnde, Jorge Donayre (1989). Los que llegaron al poder (em espanhol). San Isidro: CONCYTEC. p. 58 
  4. Basadre, Jorge (2005a). Historia de la República del Perú. 4.º periodo: La guerra con Chile (1879-1883) 9 (9.ª edición). Lima: Empresa Editora El Comercio S. A. ISBN 9972-205-71-1
  5. Contreras, Carlos; Zuloaga, Marina (2019). Historia mínima del Perú (3.ª edición). Lima: Turner Publicaciones S.L. / El Colegio de México A.C. ISBN 978-84-16142-07-1
  6. Gálvez Montero, José Francisco; García Vega, Enrique Silvestre (2016). Historia de la Presidencia del Consejo de Ministros Tomo I (1820-1956) (1.ª edición). Lima: Empresa Peruana de Servicios Editoriales S.A. ISBN 978-87-93429-87-1
  7. Guerra, Margarita (1984). Historia General del Perú. La República Aristocrática 11 (1.ª edición). Lima: Editorial Milla Batres
  8. Pons Muzzo, Gustavo (1986). Historia del Perú. Emancipación y República. Hasta 1866 (4.° edición). Lima: Editorial LABRUSA S.A.

Precedido por
Andrés A. Cáceres Dorregaray
Presidente do Peru
1890 - 1894
Sucedido por
Justiniano Borgoño
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço relacionado ao Projeto Biografias de Políticos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.