Domingo Elías

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Domingo Elías
Presidente do Peru
Período 17 de junho de 1844
a 10 de agosto de 1844
Antecessor(a) Ramón Castilla
Sucessor(a) Manuel Menéndez
Dados pessoais
Nascimento 1805
Ica
Morte 1867
Lima

Domingo Elías (Ica, 1805Lima, 1867) foi um político e Presidente do Peru de 17 de junho de 1844 a 10 de agosto de 1844.

Tomou a presidência do Peru durante uma época de guerra civil, que dividiu o país entre os seguidores de Ramón Castilla e os de Domingo Elías Carbajo.

Depois de completar o ensino básico, viajou para Madrid e Paris para continuar os estudos. Regressou em 1825 e viveu da agricultura na Região de Ica, onde iniciou o cultivo em larga escala de algodão e vinha. Esta época coincidiu com a chegada dos coolies chineses para substituir os escravos africanos em 1849.

Com a derrota da Confederação Peru-Bolívia na década de 1840, a anarquia generalizou-se no Peru. Em 1843, durante o governo de Manuel Ignacio de Vivanco, Elías foi nomeado prefeito de Lima. Quando Vivanco foi para o sul do Peru para confrontar o movimento constitucionalista de Ramon Castilla, foi atribuído a Elías o governo das províncias do norte. O conflito interno peruano não estava ainda decidido entre as fações militares do país: Vivanco e Echenique contra Castilla e San Román.

Faleceu em Lima em 1867.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Ramón Castilla
Presidente do Peru
1844 - 1844
Sucedido por
Manuel Menéndez
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.