Luís II da Hungria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde novembro de 2013). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Luís II da Hungria
Nascimento 1 de julho de 1506
Buda
Morte 29 de agosto de 1526 (20 anos)
Batalha de Mohács
Sepultamento basílica de Székesfehérvár
Cidadania Reino da Hungria, Hungria
Progenitores Mãe:Ana de Foix-Candale
Pai:Vladislau II da Hungria
Cônjuge Maria de Habsburgo
Filho(s) János Wass
Irmão(s) Ana Jagelão
Ocupação político
Prêmios Cavaleiro da Ordem do Tosão de Ouro
Título margrave
Causa da morte afogamento

Luís II (Lajos, em húngaro; Ludvík, em tcheco) (Buda, 1 de julho de 1506Batalha de Mohács, 29 de agosto de 1526) foi rei da Hungria e da Boêmia de 1516 até à sua morte.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Luís era filho do rei Vladislau II da Hungria e da terceira consorte deste, Ana de Foix-Candale. Seu nascimento prematuro causou a morte de sua mãe. Para mantê-lo vivo e aquecido, o menino era posto dentro de corpos de animais recém-mortos.[1] Tinha uma irmã mais velha, Ana.

No mesmo ano em que nasceu, foi acertado seu casamento com a arquiduquesa Maria de Habsburgo, neta de Maximiliano I do Sacro Império. Este se tornou o guardião de Luís e de Ana quando da morte de Vladislau, em 1516. Luís sucedeu como rei da Hungria e da Boêmia, porém, devido à pouca idade, assumiu o poder de forma definitiva somente aos quinze anos. Em 13 de janeiro de 1522, ele e Maria se casaram em Buda.

Face aos ataques do sultão Solimão I, procurou apressadamente unir a Hungria à cristandade, mas não recebeu ajuda do Papa. Em 1526 comandou pessoalmente o exército húngaro contra os otomanos na Batalha de Mohács, onde foi morto com a maior parte de seu soldados.

Sem filhos, seus domínios foram herdados por sua irmã Ana, sua parenta mais próxima, a qual se casara, em 1526, com Fernando de Habsburgo, irmão de Maria. A rainha-viúva guardou luto por seu esposo pelo resto de sua vida, recusando-se a se casar novamente. Logo após a morte de Luís, ela assumiu a regência da Hungria até a chegada de Fernando, o qual estivera ocupado assegurando sua eleição como rei da Boêmia, no verão de 1527. Foi o fim da Hungria como reino independente, permanecendo unida à Áustria até o fim da Primeira Guerra Mundial, em 1918.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Vladislau II
Rei da Hungria
15161526
Sucedido por
Fernando I
João Zápolya