Lucrécia d'Este

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Lucrécia d'Este
Princesa de Ferrara, Módena e Régio
Retrato de autoria atribuída a Federico Zuccari.
Duquesa de Urbino
Reinado 15741578
Antecessor(a) Vitória Farnésio
Sucessor(a) Lívia Della Rovere
 
Nascimento 16 de dezembro de 1535
Morte 12 de fevereiro de 1598 (62 anos)
Sepultado em Convento de Corpus Domini, Ferrara, Emília-Romanha, Itália
Cônjuge Francisco Maria II Della Rovere
Casa Este (por nascimento)
Della Rovere (por casamento)
Pai Hércules II d'Este
Mãe Renata de França
Brasão

Lucrécia d'Este (em italiano: Lucrezia d'Este), por vezes também chamada pelo nome de casada Lucrécia Della Rovere (16 de dezembro de 153512 de fevereiro de 1598)[1][2] foi princesa de Ferrara, Módena e Régio por nascimento, e duquesa de Urbino pelo seu casamento com Francisco Maria II Della Rovere.

Família[editar | editar código-fonte]

Lucrécia foi a filha de Hércules II d'Este, duque de Ferrara, Módena e Régio e da princesa Renata de França. Os seus avós paternos eram Afonso I d'Este e Lucrécia Bórgia, filha do Papa Alexandre VI. Os seus avós maternos eram o rei Luís XII de França e sua segunda esposa, Ana, Duquesa da Bretanha.

Biografia[editar | editar código-fonte]

No dia 19 de janeiro de 1570, aos 34 anos, Lucrécia casou-se com Francisco Maria, de 20 anos, como sua primeira esposa. Ele era filho de Guidobaldo II Della Rovere, duque de Urbino e de sua segunda esposa, Vitória Farnésio.

Antes do casamento, a princesa tinha um relacionamento com Ercole Contrari, o qual continuou após o matrimônio. Ao descobrir o caso, Afonso II ordenou que ele fosse estrangulado na sua presença. Depois, Lucrécia tornou-se amante do conde Luigi Montecuccoli.[3]

Após oito anos juntos, sem filhos, eles se separaram em 1578. Lucrécia retornou a Ferrara, e tornou-se freira.[4]

Faleceu em 12 de fevereiro de 1598, aos 62 anos, e foi sepultada no Convento de Corpus Domini, em Ferrara.[4]

Referências

  1. «Encyclopedia». encyclopedia.com 
  2. «Geneanet». gw.geneanet.org 
  3. Tonelli, L. (1935). Tasso. [S.l.: s.n.] p. 72 
  4. a b «Find a Grave». findagrave.com