Márcio Vaccari

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Márcio Vaccari (Lorena, 22 de agosto de 1966) é um cineasta, ator, roteirista, poeta, músico e escritor brasileiro.

Nascido no interior de São Paulo, na região do Vale do Paraíba, tornou-se conhecido por suas composições musicais, realizando parcerias com grandes nomes da música brasileira, como Júlio Barroso, Guilherme Arantes e Leoni, além de trabalhos no audiovisual, participando de novelas, filmes e comerciais de TV.

Sua música de maior sucesso é Perdidos na Selva[1], composta em parceria com Júlio Barroso e Guilherme Arantes, e gravada originalmente pela banda brasileira Gang 90 e as Absurdettes[2], no álbum Essa Tal de Gang 90 e as Absurdettes[3], de 1983. A obra se destacou no MPB-Shell[4], festival de música organizado no teatro Fênix, no Rio de Janeiro, no ano de 1981, e patrocinado pela multinacional petrolífera Shell. Posteriormente, a música foi utilizada como trilha sonora da telessérie Malhação[5], da TV Globo, em sua 17ª temporada. Outra parceria de Márcio Vaccari com Júlio Barroso, o criador do grupo Gang 90, é a música Telefone[6], também presente no álbum homônimo de 1983.

No audiovisual, destacam-se, além de suas obras no campo publicitário[7], seus trabalhos produzidas para internet, como a série de entrevistas que dirigiu no programa A Gema do Novo, reunindo uma vasta coleção de artistas da cena independente paulistana[8], como Mário Bortolotto, Paulão de Carvalho (da banda Velhas Virgens), Edvaldo Santana e Paulo de Tharso, nos mais diversos seguimentos, como teatro, música, cinema, artes plásticas, etc.

Em suas obras cinematográficas sempre adotou um estilo autoral, com uma estética que mistura artes plásticas e poesia. Sua obra de maior destaque é o curta metragem ''Mídia, a Grande Mentira''[9], que apresenta uma ácida crítica ao poder da mídia sobre o pensamento da população. A obra possui inspiração no expressionismo alemão e serviu como referência para criação de teses de conclusão de curso em universidades[10].

Em 2013 passa a integrar o elenco do coletivo de comédia Vale Humor.

Referências

  1. «Perdidos Na Selva - Gang 90 - LETRAS.MUS.BR». www.letras.mus.br. Consultado em 5 de maio de 2017 
  2. Jornal da Globo | Líder da Gang 90 deixa legado que dura até hoje | Globo Play, consultado em 5 de maio de 2017 
  3. «Os 100 Maiores Momentos da Música Brasileira». RollingStone. 10 de dezembro de 2014 
  4. «MPB–SHELL ESPECIAL - FORMATO». memoriaglobo.globo.com. Consultado em 5 de maio de 2017 
  5. «Trilha sonora de 'Malhação ID' traz clássicos do pop-rock nacional regravados». O Globo. 15 de fevereiro de 2010 
  6. «'Telefone' da Gang 90 toca no tom juvenil de álbum do Pequeno Cidadão | G1 Música Blog do Mauro Ferreira». Mauro Ferreira 
  7. Limão, Marcelo (2008). «Matéria no Jornal Contato» (PDF). Jornal Contato. Consultado em 5 de maio de 2017 
  8. [http://zonabranca.blog.uol.com.br/arch2006-08-06_2006-08-12.html «ESPELUNCA - blogue de ademir assun��o - UOL Blog»]. zonabranca.blog.uol.com.br. Consultado em 5 de maio de 2017  replacement character character in |titulo= at position 35 (ajuda)
  9. Filmes, Interrogação. «Curtagora :: Mídia, A Grande Mentira». curtagora.com. Consultado em 5 de maio de 2017 
  10. Olivatti, Tânia (2009). «TCC pós graduação Universidade Estadual Paulista» (PDF). Universidade Estadual Paulista. Consultado em 5 de maio de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Canal Vale Humor