Júlio Barroso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Júlio Barroso
Informação geral
Nascimento 18 de novembro de 1953
Local de nascimento Rio de Janeiro
 Brasil
Data de morte 6 de junho de 1984 (30 anos)
Gênero(s) Rock, new wave, Balada
Instrumento(s) Vocais e Guitarras
Afiliação(ões) Gang 90 e as Absurdettes

Júlio Barroso (Rio de Janeiro, 18 de novembro de 1953 [nota 1]São Paulo, 6 de junho de 1984[1]) foi um Jornalista, Compositor, Guitarrista, Cantor e DJ Brasileiro. Fundou o grupo Gang 90 e as Absurdettes no início da década de 1980, do qual também participava sua irmã, Denise Barroso.

Nascido no Rio de Janeiro e radicado em São Paulo, Júlio mudou-se para os Estados Unidos depois de uma tentativa fracassada de fazer sucesso com uma banda performática. Em Nova Iorque, tomou contato com o movimento new wave.

Após a participação no Festival MPB-Shell, promovido pela Rede Globo em 1981, concorrendo com o hit Perdidos na Selva (Júlio Barroso / Márcio Vaccari / Guilherme Arantes), posteriormente gravado pelo Barão Vermelho em 1996, Júlio e seu grupo gravaram o LP Essa tal de Gang 90 & Absurdettes. O grupo é tido até hoje como um dos precursores do rock brasileiro dos anos 80. Como compositor, foi parceiro de Guilherme Arantes, Wander Taffo, Alice Pink Pank, Lobão, Ritchie e outros.

Enfrentando problemas com drogas e alcoolismo[2], morreu tragicamente ao cair da janela de seu apartamento, no 11º andar, em São Paulo. A hipótese mais aceita é de que a queda tenha sido acidental.

Notas

  1. Data de nascimento confirmada pela Família Barroso.

Referências

  1. Luiz André Alzer, Mariana Claudino (2004). «Almanaque Anos 80». Google Books. Consultado em 11 de setembro de 2012 
  2. Júlio Barroso - Dados Artísticos Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira, acesso em 22 de fevereiro de 2010.