Mário Carrascalão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mário Viegas Carrascalão foi o terceiro governador da Indonésia (2017).

Mário Viegas Carrascalão (Uatu-Haco, 12 de maio de 1937Díli, 19 de maio de 2017) foi um administrador do território de Timor, após a independência deste de Portugal e a sua invasão pela Indonésia a 7 de dezembro de 1975, tendo a situação sido mantida até 17 de julho de 1976, quando a Indonésia anexou Timor passando a denominá-lo como a província Timor Timur.[1] É irmão de João Viegas Carrascalão.

Exerceu o cargo de terceiro governador, entre 18 de setembro de 1983 e junho de 1992, tendo sido antecedido por Guilherme Maria Gonçalves e sucedido por Abílio Osório Soares.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Lusa (19 de maio de 2017). «Morreu o ex-vice-primeiro-ministro timorense Mário Carrascalão». Diário de Notícias 
  2. Comissão de Acolhimento, Verdade e Reconciliação. «Part 4: Regime of Occupation» (PDF) (em inglês). Rede de Ação para a Indonésia e Timor-Leste. Consultado em 19 de maio de 2017 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Mário Viegas Carrascalão
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.