Música da Grécia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para a música da Grécia Antiga, veja Música da Grécia Antiga.

Durante os quatro séculos de ocupação turca, a música da Grécia estava resumida à liturgia bizantina e à música folclórica, esta última influenciada por culturas orientais e pelos próprios turcos, além de elementos herdados da antiguidade grega. A música tradicional grega é rica e singular em termos de ritmos, modos e variedade de instrumentos.[1]

Já a música erudita tem na fundação do Conservatório de Atenas em 1871 um ponto importante de sua história e a partir daí nomes notórios começaram a surgir, como Nikolaos Mantzaros (compositor do hino nacional grego), Paul Carrere e Spiros Samaras.[1]

Contudo, é só depois da Primeira Guerra Mundial que um estilo verdadeiramente nacional começa a ser desenvolvido, nas mãos de nomes como Manolis Kalomiris, Petro Petridis, Nikos Skalkottas, Charilaos Perpessas, Jean Papaloannou, Yorgos Sicilianos, Manos Hadjidakis, Jani Christou, Mikis Theodorakis, Dimitri Mitropoulos, Yannis Xenakis e Arghyris Koureadis.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Geoffrey Hindley, ed. (1982). «Music in the Modern World: Music in the Balkan countries». The Larousse Encyclopedia of Music (em inglês) 2ª ed. Nova York: Excalibur. ISBN 0-89673-101-4 
Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre a Grécia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Flag-map of Greece.svg Grécia
História • Política • Forças Armadas • Regiões • Geografia • Economia • Demografia • Cultura (Música) • Turismo • Portal • Imagens