Cultura da Grécia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Os remanescentes da cultura da Grécia Antiga conservam-se principalmente em Atenas, Esparta, Micenas, Argos e outros lugares, enquanto as esculturas e os outros objetos de arte são exibidos nos museus gregos, como o Nacional, o de Heracléia, o da Acrópole, etc., e nos principais centros culturais do mundo, que constituem uma lembrança permanente de uma copiosa herança cultural helênica, que ainda continua viva na educação dos gregos.

Na Grécia moderna destacaram-se sobretudo os poetas. Adquiriu fama internacional Konstantinos Kaváfis, grego de Alexandria que escreveu cerca de duas centenas de poemas, inéditos até sua morte. Comparado ao português Fernando Pessoa, seu contemporâneo e também marcado por uma nostalgia da antiga glória de seu país, Kaváfis é autor da frase "somos todos gregos". Destacam-se também Georgios Seferis, agraciado com o Prêmio Nobel de literatura de 1963; Angelos Sikelianos; Odysseus Elytis, que obteve o prêmio Nobel em 1979; e Yannis Ritsos. O romancista grego de maior sucesso é o cretense Níkos Kazantzákis, autor de Zorba, o grego e A última tentação de Cristo.

Dentre os músicos gregos com fama internacional destacam-se Manos Hadjidakis e Mikis Theodorakis. A busca e a sistematização do patrimônio musical popular, que é o objetivo básico de famosos músicos e pesquisadores, tem incentivado a criação de grande número de corais que participam de concursos internacionais. Depois da independência política, a arte grega se inspirou inteiramente na arte ocidental. Entre os pintores figurativos destacam-se Iannis Moralis e Nicos Kontopulos; e entre os abstratos, Alexos Kontopulos e Iannis Spyrapulos. Na escultura devem ser mencionados Vassilakis Takis e Alex Mylona.

Na cidade de Olímpia, surgiram os Jogos Olímpicos em homenagem ao rei dos deuses gregos, Zeus. Os gregos também desenvolveram uma rica mitologia.

Até os dias de hoje a mitologia grega é referência para estudos e livros.

Greek costumes children DSC04313.jpg

A filosofia também atingiu um desenvolvimento surpreendente, principalmente em Atenas, no século V a.C. (período clássico da Grécia). Platão e Sócrates são os filósofos mais conhecidos deste período.

As regiões naturais da Grécia são: a Macedónia e Trácia, ao norte, montanhosas e com planícies litorâneas de origem aluvial; a Grécia Central, onde se encontram a Tessália e a Ática, com férteis vales; o Peloponeso, zona muito montanhosa mas com vales litorâneos; e Creta, a maior ilha do país, com montanhas que atingem quase 2.500m de altitude.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Cultura é um esboço relacionado ao Projeto Cultura. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.