Euroesfera

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Euroesfera proposta;
Azul escuro: União Europeia
Azul claro: Resto da Europa, incluindo parte asiática da Turquia[note 1] e o território norte-americano da Groenlândia, território autônomo da Dinamarca.
Turquesa: Vizinhança Europeia
Marrom: Países ACP

O conceito de "Euroesfera" ou "Império Europeu"[1] tem crescido em popularidade nos primeiros anos do século XXI o acadêmico da Universidade de Oxford, Jan Zielonka;[1] o estrategista da União Europeia e Diretor-Geral de Assuntos Político-Militares, Robert Cooper;[2] e o presidente da Comissão Europeia, José Manuel Barroso.[3]

Nos últimos 50 anos, a União Europeia passou dos seis membros fundadores para os atuais 27 e ainda existem nove países candidatos e candidatos potenciais à espera para participar do bloco. Vários países da Europa Ocidental estão integrados economicamente, como parte do mercado único da União, ou usando a sua moeda única. Através do Alto Representante da União para os Negócios Estrangeiros e a Política de Segurança, esses países tem capacidade de falar através de uma só voz no mundo e tem associação e acordos de livre comércio com um grande número de Estados, por meio da Política Europeia de Vizinhança, da União para o Mediterrâneo (desenvolvida a partir do processo de Barcelona) e da criação de laços mais estreitos com os países em suas fronteiras, enquanto que desenvolveu laços com as antigas colônias, hoje países ACP.

A associação, em particular, tem visto uma grande quantidade de reforma nos países que pretende aderir ao bloco europeu; por exemplo, as enormes reformas vistas na Turquia, tais como a abolição da pena capital.[4] O desenvolvimento de influência da União Europeia e do sorteio de adesão, tem sido objetos de estudo de uma série de acadêmicos. Por exemplo, Mark Leonard descreve a área de influência da UE como a Euroesfera, enquanto alguns nomes são menos positivos.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Geograficamente, a Turquia tem apenas uma parte do seu território na Europa; a maior parte do seu território está na Ásia. Geography of Turkey

Referências

  1. a b Zielonka, J. (2006), Europe as Empire, Oxford University Press: Oxford.
  2. Cooper, R. (2003), The Breaking of Nations, Atlantic Books: London.
  3. Birth of a New Rome? www.globalpowereurope.eu
  4. EU-Turkey relations euractiv.com