Manavgat

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Turquia Manavgat  
—  Distrito (ilçe)  —
Cataratas de Manavgat
Cataratas de Manavgat
Localização de Manavgat na província de Antália
Localização de Manavgat na província de Antália
Manavgat está localizado em: Turquia
Manavgat
Localização de Manavgat na província de Antália
36° 47' N 31° 26' E
Região Mediterrâneo
Província Antália
Administração
 - Prefeito (belediye başkanı) Şükrü Sözen (2009)[1]
Área [2]
 - Total 2 249 km²
População (2007)[2]
 - Total 165 114
    • Densidade 73,42/km2 
Fuso horário EET (UTC+2)
 - Horário de verão EEST (UTC+3)
Prefixo telefónico 242
Sítio Governo distrital: www.manavgat.gov.tr
Prefeitura: www.manavgat.bel.tr
Vista da cidade de Manavgat.

Manavgat é uma cidade e distrito da província de Antália da Turquia, situada a 72 km a leste da cidade de Antália. A cidade partilha o nome com o Manavgat, que a atravessa e desagua nas suas proximidades e cujas cataratas, nos arredores da cidade, são famosas.[nt 1]

Geografia[editar | editar código-fonte]

O maior parte do distrito ocupa uma planície limitada a norte pelos Montes Tauros e a sul por praias arenosas do Mar Mediterrâneo. O centro da cidade encontra-se a 4 km da costa. A maior parte dos terrenos são terra arável fértil, sendo muito explorados em termos agrícolas, nomeadamente para pecuária, algodão, cereais, 45 variedades de frutas e legumes e,[3] nos últimos anos, oliveiras e flores de estufa. A indústria está limitada à ligada à agricultura, pelo que a principal atividade económica para além da agricultura é o turismo.[nt 1]

As montanhas estão cobertas de florestas e matagal mediterrânico, existindo também planaltos elevados, tradicionalmente usados pelos nómadas yörük para pastagem de gado.[nt 1]

O rio Manavgat é a principal fonte de irrigação. As cataratas e o delta do rio são dois dos vários atrativos turísticos da região.[3] O rio tem duas barragens hidro-elétricas, a de Oymapınar e a de Manavgat.[3] Desde 2001 que há planos para exportação de água dessas duas barragens para Israel e outros países mediterrânciso, como Malta e Chipre, mas, pelo menos até 2006, esses planos estavam parados.[4]

O clima é mediterrânico, com verões quentes e secos e invernos temperados e húmidos, com temperaturas raramente atingindo os 0ºC.

História[editar | editar código-fonte]

Segundo algumas fontes clássicas, as antigas cidades vizinhas de Sida e Selge foram fundadas no século VI ou VII a.C. e Selêucia foi uma das cidades foi uma das nove cidades que recebeu o nome do general de Alexandre, o Grande Seleuco Nicator, primeiro imperador selêucida no final do século IV a.C. A data de fundação de Manavgat é incerta, mas estima-se que terá ocorrido entre 200 e 150 a.C. Supõe-se que o nome Manavgat provenha da palavra luvita Manouwa, que significa templo da Deusa Mãe e que o local onde se encontra a cidade tenha sido considerado sagrado pelos habitantes das cidades da Antiguidade Selêucia e Sida. Segundo documentos antigos, os transportes de e para a cidade eram assegurados principalmente pelo rio desde os primeiros tempos até recentemente.[3]

No entanto, há diversos vestígios de ocupação humana muito mais antigos na região, que remontam ao Paleolítico. Na gruta de Karain, a apenas dois ou três dias de marcha da cidade, foram descobertos vestígios de ocupação de há 50 000 anos. De acordo com fontes hititas, os Akhiyavas (1600~1200 a.C.), falantes de luvita, viviam na região. Segundo o historiador e geógrafo grego Heródoto, a região teria sido colonizada em 2 000 a.C.[5]

Manavgat foi conquistada pelos seljúcidas em 1220 e pelos otomanos em 1462.[nt 1]

Turismo[editar | editar código-fonte]

Com a sua costa quente solarenga com 64 km de extensão, grande parte dela constituída por praias de areia, um rio longo com quedas de água, paisagem rural bem preservada, incluindo montanhas e florestas, a indústria turística é importante em Manavgat. Há muita oferta de alojamento na costa e muitos locais interessantes para visitar e explorar, que incluem sítios históricos, rios, regatos e grutas. Há ainda a referir a cozinha, onde os peixes do Mediterrâneo estão presentes.

O grande afluxo de visitantes tem vindo a mudar o ambiente tradicionalmente conservador da região, havendo bares, discotecas e todo o tipo de "cultura de juventude" que seria impensável há 20 anos atrás. Os locais turísticos com mais vida noturna situam-se nas aldeias costeiras de Kumköy e Ilıca.

Vegetais à venda num mercado de Manavgat.
Interior de mesquita em Manavgat.

Locais de maior interesse para o visitante[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. a b c d Texto inicialmente baseado no artigo «Manavgat» na Wikipédia em inglês (acessado nesta versão).

Referências

  1. Manavgat Belediyesi (em turco). www.yerelnet.org.tr. YerelNET. Página visitada em 2010-06-26.
  2. a b Districts of Turkey (em inglês). www.statoids.com. Administrative Divisions of Countries ("Statoids") (2 de fevereiro de 2008). Arquivado do original em 26 de maio de 2010. Página visitada em 26 de maio de 2010.
  3. a b c d Manavgat (em inglês). www.side-manavgat.com. Arquivado do original em 2010-06-28. Página visitada em 2010-06-28.
  4. Israel, Turkey put landmark water agreement into deep freeze (em inglês). www.uswaternews.com. U.S. Water News Online (abril 2006). Arquivado do original em 2010-06-26. Página visitada em 2010-06-26.
  5. Manavgat in Every Age (em inglês). www.manavgat.bel.tr. Prefeitura de Manavgat. Arquivado do original em 2010-06-29. Página visitada em 2010-06-29.
  6. The Bridged Canyon (em inglês). www.manavgat.bel.tr. Prefeitura de Manavgat. Página visitada em 2010-06-29.
  7. The Bridged Canyon (em inglês). www.manavgat.bel.tr. Prefeitura de Manavgat. Página visitada em 2010-06-29.
  8. Alarahan (em inglês). www.manavgat.bel.tr. Prefeitura de Manavgat. Página visitada em 2010-06-29.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Manavgat