María Isabel Allende

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
María Isabel Allende
María Isabel Allende, 2011.
Presidente do Senado da República Emblema Senado de la Republica Chile.png
Período 11 de março de 2014
até atualidade
Antecessor(a) Jorge Pizarro
Dados pessoais
Nome completo María Isabel Allende Bussi
Nascimento 18 de janeiro de 1945 (72 anos)
Santiago,  Chile
Partido Partido Socialista

María Isabel Allende Bussi (Santiago, 18 de janeiro de 1945) é uma política chilena do Partido Socialista. Deputada de 1994 a 2010, atualmente é senadora pela região de Atacama e Presidente do Senado da República. María Isabel é a terceira filha de Salvador Allende e Hortensia Bussi e prima da escritora Isabel Allende.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

María Isabel nasceu em Santiago do Chile, a capital da República do Chile, em 1945. Filha de Hortensia Bussi e Salvador Allende, que foi Presidente da República entre 1970 e 1973.

Estudou no colégio La Maisonette, mantendo também muitas atividades na Igreja Católica - ao contrário de suas irmãs, Beatriz e Carmen. Aos 17 anos de idade, ingressou nos estudos de Sociologia e poucos anos depois acompanhou seu pai nos congressos do Partido Socialista em Chillán.

Seu casamento com Sergio Meza não durou muito tempo. Quando a família se mudou para a residência presidencial em Las Condes, Isabel permaneceu na residência particular da família com seu filho Gonzalo.

Em 11 de setembro de 1973, teve início o golpe militar encabeçado pelo General Augusto Pinochet. Quando os militares iniciaram o bombardeio contra o Palácio de La Moneda, Salvador ordenou que as mulheres abandonassem o local. Isabel, então, fugiu com suas duas irmãs e outras quatro mulheres.[2] Logo em seguida, exilou-se no México com sua mãe e sua irmã Carmen. A família passou 16 anos em exílio antes de retornar ao Chile.

Em 28 de fevereiro de 2014, Allende foi eleita Presidente do Senado do Chile, sendo a primeira mulher a ocupar o cargo.[3]

Referências

  1. «Isabel Allende, la hija del ex presidente que llega a la presidencia del senado». 11 de março de 2014. Consultado em 13 de julho de 2014 
  2. Henríquez, Patricio. (1998) La última batalla de Salvador Allende
  3. The Guardian (28 de fevereiro de 2014). «Isabel Allende chosen as first woman to lead Chile's senate». Consultado em 14 de julho de 2014 
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.