Marcelino Bernal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Marcelino Bernal
Informações pessoais
Nome completo Marcelino Bernal Pérez
Data de nasc. 27 de maio de 1962 (55 anos)
Local de nasc. Tepic,  México
Altura 1,80 m
Destro
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição (ex-Meio-campista)
Clubes de juventude
19791983 México Cruz Azul
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
19831987
19871991
19911997
19971998
19992000
20002002
México Cruz Azul
México Puebla
México Toluca
México Monterrey
México Pachuca
México UNAM Pumas
790000 (6)
14800 (24)
15000 (33)
42000 (12)
520000 (7)
250000 (1)
Seleção nacional
19881998 Flag of Mexico.svg México 640000 (8)

Marcelino Bernal Pérez (Tepic, 27 de maio de 1962) é um ex-futebolista mexicano.

Jogava como meio-campista, e se destacou por Puebla e Toluca. Jogou também por Cruz Azul, Monterrey e Pachuca.

Bernal, que jogou também pela Seleção Mexicana por dez anos, deixou os gramados em 2002, jogando pelo UNAM Pumas.

Famoso por destruir uma trave[editar | editar código-fonte]

Bernal, que disputou duas Copas (1994 e 1998) ficou conhecido mundialmente na primeira, e não foi por causa de um gol, mas sim por um lance bizarro.

Após uma cobrança de escanteio a favor da Bulgária, o meia subiu para tirar a bola, e consegue. Mas ele se desequilibrou, parou dentro do gol, se enroscou na rede e caiu no gramado, destruindo a trave. Com o jogo interrompido para a troca da baliza, Bernal teve tempo para se levantar e o estrago foi resolvido.

Bandeira de MéxicoSoccer icon Este artigo sobre futebolistas mexicanos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.