Maria Afonso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Maria Afonso
Nascimento 1301
Morte 1320
Odivelas
Cidadania Portugal
Progenitores
Ocupação freira

Maria Afonso (1302 - Odivelas, 1320) foi uma nobre portuguesa, era filha bastarda do rei português Dom Dinis.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Maria Afonso, crê-se que terá nascido em 1302 e era filha natural do rei Dom Dinis.[1] É fruto da relação extra-conjugal que este teve com Branca Lourenço de Valadares, filha de Lourenço Soares de Valadares e de Aldonça Lourenço de Valadares que era tia de Inês de Castro. [2][3]

Foi a única filha do rei a seguir a vida religiosa tendo ingressado como freira no Convento de São Dinis e São Bernardo de Odivelas, conhecido como Mosteiro de Odivelas, mandado erigir pelo pai para acolher freiras da Ordem de Císter. [4][1] Lá mandou fazer, entre 1312 e 1320, um altar consagrado a Santo André. [5]

Terá sido assassinada com 18 anos de idade, no Mosteiro de Odivelas onde foi sepultada. O túmulo que lhe é atribuído encontra-se no lado esquerdo do altar-mor da igreja do mosteiro, estando o do pai no lado direito. [6]

Em 2022, estreou na RTP a série histórica, A Rainha e a Bastarda realizada por Sérgio Graciano e com argumento de Patricia Muller que aborda o mistério em torno da sua morte. [7][8]

Referências

  1. a b «O Portal da História - D. Dinis». www.arqnet.pt. Consultado em 23 de fevereiro de 2022 
  2. «D. Dinis – dois filhos legítimos e sete naturais». 12 de outubro de 2013. Consultado em 23 de fevereiro de 2022 
  3. Parra, Ana Raquel da Cruz (2018). «A Paternidade na Idade Média: o caso de D. Dinis» (PDF). Repositório da Universidade de Lisboa 
  4. Infopédia. «Convento de S. Dinis e S. Bernardo - Infopédia». www.infopedia.pt. Consultado em 23 de fevereiro de 2022 
  5. PIZARRO, José Augusto de Sottomayor (1997). Linhagens medievais portuguesas : genealogias e estratégias 1279-1325. Porto: [Edição do Autor]. p. 200 
  6. «Túmulos existentes». Mosteiro de Odivelas. Consultado em 23 de fevereiro de 2022 
  7. «A Rainha e a Bastarda | Extra | RTP». Extra. 16 de fevereiro de 2022. Consultado em 23 de fevereiro de 2022 
  8. Cardoso, Joana Amaral. «"A Rainha e a Bastarda" é a senhora que se segue nas séries da RTP1». PÚBLICO. Consultado em 23 de fevereiro de 2022 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.