Marianna Leporace

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Mariana Leporace)
Ir para: navegação, pesquisa
Emblem-scales.svg
A neutralidade deste(a) artigo ou se(c)ção foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão.
Justifique o uso dessa marca na página de discussão e tente torná-lo mais imparcial.
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde 2007)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.


Marianna Leporace
Nascimento 15 de julho de 1966 (51 anos)
Rio de Janeiro, RJ
 Brasil
Ocupação Jornalista, atriz, cantora

Marianna dos Santos Leporace, mais conhecida como Marianna Leporace (Rio de Janeiro, 15 de julho de 1966), é uma cantora, atriz, jornalista e produtora brasileira e que atua em diversas áreas culturais.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Atuou no musical “Tu Pisas nos Astros, Distraído”, de Clóvis Levy, baseado na vida e na obra do compositor Orestes Barbosa e também em diversos musicais infantis, dirigidos por Karen Acioly.

Participa de gravações de CDs, trilhas sonoras de programas de TV e cinema, jingles e fez dublagens cantadas e aberturas de desenhos animados. Seus trabalhos de mais destaque nessa área são a abertura das séries “Winx Club”, "Mike, Lu e Og", "Corrector Yui" e "Hamtaro".

Ao lado da pianista Sheila Zagury, gravou o CD “São Bonitas as Canções”, com as parcerias para teatro de Chico Buarque e Edu Lobo, com a participação dos autores. Com esse trabalho, apresentou-se durante três anos pelo Rio de Janeiro e também no Festival de Teatro de Curitiba (2001).

Entre 2002 e 2004, lançou os 3 CDs da série "Pop Acústico" gravados pela Deck Disc, com músicas do universo “pop” em inglês. Em 2003 participou do grupo “O Quinto”, com o qual gravou um CD de músicas folclóricas e viajou em turnê por 48 cidades do Brasil , passando por treze estados.

Formou um duo de voz e violão com o violonista Willians Pereira. Juntos gravaram em 2004 pelo selo Mills Records, o CD “A Canção, a Voz e o Violão”. O show desse projeto, passou por diversas casas no Rio de Janeiro, Brasília, Minas Gerais e São Paulo.

Gravou também em 2004 o CD “Lucidez” com composições de Alexandre Lemos, lançado pela Internet e participou do CD “As Filhas da Bossa”, produzido por Kazuo Yoshida, para o selo Aosis no Japão.

Ainda em 2004 formou o trio vocal Folia de 3, com as cantoras Cacala Carvalho e Eliane Tassis. Em novembro de 2005, o grupo lançou o CD “Pessoa Rara” em homenagem aos 60 anos do compositor Ivan Lins, que também participou do disco e presenteou o trio com uma canção inédita, em parceria com a escritora Lya Luft, chamada "Canção Quase Duas".

Em 2006, a cantora se dedicou aos shows de divulgação do trio Folia de 3, com destaque para o Tim Festival de Governador Valadares e a participação no show de lançamento do CD “Acariocando”, de Ivan Lins, no Canecão. Esse foi também o ano em que o CD “Marianna Leporace Canta Baden Powell”, também produzido por Kazuo Yoshida, foi lançado no Japão e em 2007 no Brasil pelo selo Mills Records.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]