Mihaly Csikszentmihalyi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mihaly Csikszentmihalyi (2010)

Mihaly Csikszentmihalyi (nascido em 29 de setembro, 1934) é um psicólogo húngaro. Ele criou o conceito psicológico de fluxo, um estado mental altamente focado. Ele é o Professor de Psicologia e Gestão da Claremont Graduate University. Ele é o ex-chefe do departamento de psicologia da Universidade de Chicago e do departamento de sociologia e antropologia em Lake Forest College.

Csikszentmihalyi é notado por seu trabalho no estudo da felicidade e criatividade, mas é mais conhecido como o arquiteto da noção de flow e por seus anos pesquisando e escrevendo sobre o tópico. Ele é o autor de muitos livros e mais de 120 artigos ou capítulos de livros. Martin Seligman, ex-presidente da American Psychological Association, descreveu Csikszentmihalyi como o principal pesquisador em psicologia positiva do mundo .[1] Csikszentmihalyi disse uma vez: "A repressão não leva à virtude. Quando as pessoas se reprimem por medo, suas vidas são necessariamente diminuídas. Só por meio de disciplina livremente escolhida a vida pode ser aproveitada e e ainda assim dentro dos limites da razão."[2] Seus trabalhos são influentes e muito citados.[3]

Referências

  1. Thinker of the Year Award
  2. «Virtue Quotes & Quotations». focusdep.com. Consultado em 19 de janeiro de 2014 
  3. Nigel King & Neil Anderson (2002).