Saltar para o conteúdo

Mikashevichy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Mikashevichy
  Cidade  
Localização
País  Bielorrússia
Voblast Brest
Características geográficas
 • População estimada 13 800 (em 2 006)
Código postal 225687
Código de área +375 1647

Mikashevichy (em bielorrusso: Мікашэвічы, Mikaševičy; em russo: Микашевичи, Mikashevichi; em polonês/polaco: Mikaszewicze) é uma cidade no sudoeste do voblast de Brest, Bielorrússia. Está localizada a meio caminho entre as cidades de Brest e Gomel.

Guerra Polaco-Soviética[editar | editar código-fonte]

Ao final da Primeira Guerra Mundial, Mikaszewicze ocupou um lugar especial no diálogo político que acompanhou a guerra de libertação polaco-soviética. As conversas começaram em outubro de 1919, na pequena estação ferroviária de Mikaszewicze, e continuaram até dezembro daquele ano. Durante as conversas, o marechal Józef Piłsudski informou à delegação bolchevique que a Polônia não estava apoiando o movimento branco de Anton Denikin na Guerra Civil Russa. A troca de prisioneiros foi decidida na estação. No entanto, as negociações logo foram interrompidas. Já informados sobre as intenções polonesas em relação à frente lituano-bielorrussa, os líderes bolcheviques começaram uma concentração progressiva das forças vermelhas na fronteira provisória com a Polônia.[1][2]

Esporte e cultura[editar | editar código-fonte]

Mikashevichy é a casa do clube de futebol FC Granit Mikashevichi, que manda seus jogos no Polesye Stadium, na vizinha Luninets.

Pessoas importantes[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Janusz Cisek (2002). Kosciuszko, We Are Here!: American Pilots of the Kosciuszko Squadron in Defense of Poland, 1919-1921. [S.l.]: McFarland. p. 91. ISBN 0786412402 
  2. Adam Daniel Rotfeld, Anatoly V. Torkunov (2015). White Spots—Black Spots: Difficult Matters in Polish-Russian Relations, 1918–2008. [S.l.]: University of Pittsburgh Press. p. 64. ISBN 978-0822980957 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Mikashevichy