Missa Rorate

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Altar com as toalhas roxas do Tempo do Advento, preparado para a celebração da "Missa Rorate".

A Missa Rorate ou missa de acolhimento ao natal é assim chamada devido ao canto de entrada com um versículo do Livro de Isaías (Isaías 45:8) "Rorate coeli desuper".

A sua origem pode ser encontrada no século XV nos países alpinos.

Inicialmente a Missa Rorate era uma missa votiva em honra de Maria (mãe de Jesus), e era celebrada nos sábados de Advento. Foi também chamada "ofício angélico", porque se lia o evangelho da Anunciação (Lucas 1:26-38) ou "missa dourada".[1]

A principal característica da Missa Rorate é que se celebra à luz de velas e pouco antes do amanhecer, para que, ao fim da celebração, raios de sol adentrem à Igreja simbolizando o movimento da escuridão da mágoa e do pecado para a luz de Jesus Cristo.[2]

Para dar um acento particular ao Advento, poder-se-ia celebrar a Missa Rorate em dias feriais do Tempo de Advento, mas segundo as normas da Igreja somente até ao dia 16 de Dezembro.

O mais importante é dar uma certa solenidade e precisamente o facto de que se celebre à luz das velas e se cante o Rorate cæli (ou outro canto igualmente expressivo do mistério do Advento).

Rorate Cæli[editar | editar código-fonte]

Rorate Cæli em um antifonário medieval

Rorate cæli é uma oração, geralmente realizada em canto gregoriano, inspirada nos clamores do Antigo Testamento para que Deus nos resgatasse e nos mandasse o Messias, representando, assim, espírito de súplica e expectativa do Advento.[3] Seu refrão vem da passagem bíblica de Isaías 45:8, no qual se lê:

Rorate coeli desuper et nubes pluant justum
(Destilai, ó céus, dessas alturas, e as nuvens chovam justiça)


Aperiatur terra et germinet salvatorem"
(abra-se a terra e produza a salvação").

Além do canto gregoriano, renomados compositores fizeram versões polifônicas do canto para corais e madrigais, entre eles; o italiano Giovanni Pierluigi da Palestrina[4] e o inglês William Byrd.[5]

Texto e tradução

Referências

  1. Rorate Cæli - St Philip Catholic Church (em inglês)
  2. The beauty of a forgotten Advent tradition - Aleteia (em inglês)
  3. “Rorate Caeli”, o mais sublime canto gregoriano de preparação para o Natal - Aleteia
  4. Palestrina - Rorate Cæli - Classicalarchives.com (em inglês)
  5. Byrd W - Rorate caeli - The choir os St's John Cambridge (em inglês)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]