Monte Denali

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Monte McKinley)
Ir para: navegação, pesquisa
Denali (Mount McKinley)
Vista do Monte McKinley
Denali (Mount McKinley) está localizado em: Alasca
Denali (Mount McKinley)
Localização do Monte McKinley, Alasca
Coordenadas 63° 05' 51" N 151° 0' 20" O
Altitude 6168 m (20320 pés)
Proeminência 6138 m
Cume-pai: Aconcágua
Isolamento 7 450 km
Listas Sete cumes
Ponto mais alto de um país
Ponto mais alto de um estado dos EUA
Ultra
Localização Alasca,  Estados Unidos
Cordilheira Cordilheira do Alasca
Primeira ascensão 7 de junho de 1913 por Hudson Stuck, Harry Karstens, Walter Harper, Robert Tatum
Rota mais fácil Rota West Buttress (glaciar/neve)

Denali (do dena’ina: o grande), também conhecido pelo seu nome oficial antigo Monte McKinley, é a montanha mais alta na América do Norte, com um cume que chega a 6.190 metros acima do nível do mar. Com cerca de 5.500 m, a altura da base ao cume é a maior entre todas as montanhas situadas inteiramente acima do nível do mar.[1] Com uma proeminência topográfica de 6.144 m e um isolamento topográfico de 7.450 km, o Denali é o terceiro pico mais proeminente e o terceiro mais isolado, após o Monte Everest e Aconcágua. Localizado na Cordilheira do Alasca no interior do estado do Alasca, nos Estados Unidos, o Denali é a peça central do Parque Nacional e Reserva de Denali.

O povo koyukon que habita a área em torno da montanha chama o pico de "Deenali" por séculos. Em 1896, um garimpeiro o chamou de "Monte McKinley" em apoio a então candidato presidencial William McKinley; este foi nome o nome oficial reconhecido pelo governo dos Estados Unidos de 1917 até 2015. Em agosto de 2015, após insistência do governo do Alasca, o Departamento do Interior dos EUA anunciou a mudança do nome oficial da montanha para Denali.[2][3] Antes disso, a maioria dos habitantes do Alasca já se referia a montanha como Denali.[4]

Em 1903, James Wickersham registrou a primeira tentativa de subir o Denali, que não teve sucesso. Em 1906, Frederick Cook reivindicou a primeira subida, que mais tarde foi provada ser falsa. A primeira ascensão verificável ao cume do Denali foi alcançada em 7 de junho de 1913, pelos alpinistas Hudson Entalado, Harry Karstens, Walter Harper e Robert Tatum, que passaram pela rota sul. Em 1951, Bradford Washburn foi pioneira na rota oeste, considerado o caminho mais seguro e mais fácil e, portanto, o mais popular em uso atualmente.[5]

Em 2 de setembro de 2015, o Serviço Geológico dos EUA anunciou que a montanha tem 6.190 m de altura,[6][7] não 6.194 m, como medido em 1952 ao utilizar a técnica de fotogrametria.

Nomeação[editar | editar código-fonte]

Durante a época da colonização russa do Alasca, o nome comum era Bolshaya Gora (em russo: Большая Гора, bolshaya = grande; gora = montanha), a tradução para russo de Denali.[8]

O nome dado a esta montanha originalmente nas línguas atabascanas é Denali. Foi renomeado pelos estadunidenses de McKinley em homenagem a William McKinley, presidente dos Estados Unidos, tendo regressado ao seu nome antigo após uma ordem presidencial assinada a 28 de Agosto de 2015 pelo presidente Barack Obama.[9]

Proeminência[editar | editar código-fonte]

Esta montanha faz parte do grupo restrito dos sete cumes, e a sua ascensão é bem mais complicada, devido ao fator latitude. Por estar distante da linha do equador, seus dias e noites são bem mais frios do que em montanhas mais altas, como por exemplo o monte Everest. Situa-se no Alasca, próximo da pequena localidade de Talkeetna.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Helman, Adam (2005). The Finest Peaks: Prominence and Other Mountain Measures. [S.l.]: Trafford. p. 9. ISBN 1412236649 
  2. «Denali Name Change» (PDF) (Nota de imprensa). U.S. Department of the Interior. 28 de agosto de 2015. Consultado em 31 de agosto de 2015 
  3. Campbell, Jon (30 de agosto de 2015). «Old Name Officially Returns to Nation's Highest Peak». U.S. Board of 6Geographic Names (U.S. Geological Survey). Consultado em 16 de maio de 2016 
  4. Mr. Wyden, from the Committee on Energy and Natural Resources (10 de setembro de 2013). «Senate Report 113-93 – Designation of Denali in the State of Alaska». U.S. Government Publishing Office. Consultado em 16 de setembro de 2015 
  5. Roberts, David (Abril de 2007). «The Geography of Brad Washburn (1910–2007)». National Geographic Adventure. Consultado em 4 de março de 2013 
  6. Mark Newell; Blaine Horner (2 de setembro de 2015). «New Elevation for Nation's Highest Peak» (Nota de imprensa). USGS. Consultado em 16 de maio de 2016 
  7. Wagner, Mary Jo (Novembro de 2015). «Surveying at 20,000 feet». The American Surveyor. 12 (10): 10–19. ISSN 1548-2669 
  8. Dictionary of Alaska Place Names (PDF). [S.l.]: United States Department of the Interior. 1976. p. 610. ISBN 0944780024 .
  9. «Obama administration renames Mount McKinley to Denali». Consultado em 31 de agosto de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Conteúdo relacionado com Denali no Wikimedia Commons
Ícone de esboço Este artigo sobre geografia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.