Moses Kiptanui

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Moses Kiptanui
Informações pessoais
Nome completo Moses Kiptanui
Nascimento 1 de outubro de 1970 (48 anos)
Marakwet, Quênia
Nacionalidade queniano(a)
Compleição Peso: 69 kg Altura: 1,79 m
Medalhas
Jogos Olímpicos
Prata Atlanta 1996 3000 m c/ obstáculos
Campeonatos Mundiais
Ouro Tóquio 1991 3000 m c/ obstáculos
Ouro Estugarda 1993 3000 m c/ obstáculos
Ouro Gotemburgo 1995 3000 m c/ obstáculos
Prata Atenas 1997 3000 m c/ obstáculos
Taça do Mundo
Ouro Londres 1994 3000 m c/ obstáculos
Campeonatos de África
Ouro Cairo 1990 1500 metros
All-Africa Games
Ouro Cairo 1991 3000 m c/ obstáculos
Campeonato Mundial de Juniores
Ouro Plovdiv 1990 1500 metros

Moses Kiptanui (Marakwet, 1 de outubro de 1970) é um antigo corredor queniano de meia e longa distância, que se notabilizou na prova de 3000 metros com obstáculos, da qual foi recordista do mundo e o primeiro homem a corrê-la em menos de oito minutos.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Ainda como junior, Kiptanui foi campeão africano de 1500 metros em 1990. No ano seguinte venceu vários meetings antes de tornar campeão, pela primeira vez, em Tóquio. Voltaria a conseguir este feito nas edições de 1993 e 1995.

Em 1992, não se conseguiu qualificar, nos trials quenianos, para os Jogos Olímpicos de Barcelona. Contudo, poucas semanas mais tarde, alcançou um novo recorde do mundo na prova de 3000 metros, com um tempo de 7.28,96 m. Três dias depois, quebrava o recorde mundial dos 3000 metros obstáculos, fazendo 8.02,08 m no Weltklasse de Zurique.

Em 1995 bateu o recorde mundial dos 5000 metros, em Roma, com o tempo de 12.55,30 m. Depois de arrecadar a terceira medalha de ouro em Campeonatos do Mundo, em Gotemburgo, Kiptanui estabeleceu um novo recorde mundial dos 3000 metros obstáculos, de novo em Zurique, com 7.59,18 m, tornando-se o primeiro atleta a correr aquela distância em menos de oito minutos.

Na única edição dos Jogos Olímpicos em que participou, não conseguiu melhor do que a medalha de prata. Um ano mais tarde, falhou o objectivo de ganhar quatro medalhas de ouro em outras tantas edições dos Campeonatos do Mundo, quando, em Atenas, não foi além do segundo lugar na final dos 3000 metros obstáculos, atrás do seu compatriota Wilson Boit Kipketer.

Kiptanui foi o melhor atleta do ano, entre 1991 e 1995, a nível mundial, na sua prova de eleição. Depois de se retirar, tornou-se treinador de atletas seus compatriotas.

Melhores marcas pessoais[editar | editar código-fonte]

Prova Data Local Tempo
1500 metros 13 de junho de 1992 Nairóbi, Quénia 3.34,0 m
2000 metros 21 de agosto de 1992 Berlim, Alemanha 4.52,53 m
3000 metros 25 de julho de 1995 Mónaco, Mónaco 7.27,18 m
2 milhas 25 de julho de 1995 Hechtel, Bélgica 8.09,01 m
3000 m obst. 24 de agosto de 1997 Colónia, Alemanha 7.56,16 m
5000 metros 5 de junho de 1996 Roma, Itália 12.54,85 m

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências