1500 metros

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
1500 metros
Prova feminina dos 1500 m em Londres 2012.
Olímpico desde 1896 H / 1972 M
Desporto Atletismo
Praticado por Ambos os sexos
Campeão olímpico
Homens Matthew Centrowitz
 Estados Unidos
Mulheres Faith Kipyegon
 Quênia
Campeão mundial
Homens Asbel Kiprop
 Quênia
Mulheres Genzebe Dibaba
 Etiópia

1500 metros é a principal corrida de meio-fundo em pista do atletismo, disputada desde os primeiros Jogos Olímpicos da Era Moderna em Atenas 1896. Os requisitos para a corrida são similares aos dos 800 metros, com uma maior ênfase na resistência aeróbica e menor na velocidade pura. É uma prova essencialmente aeróbica mas condições físicas anaeróbicas são também necessárias. Ela consiste de três voltas e +3/4 de volta numa pista de atletismo padrão de 400 metros. Os atletas largam um ao lado do outro na extensão lateral total da pista e são autorizados a correr após a largada sem respeitar raias pré-estabelecidas.

O primeiro campeão olímpico foi Edwin Flack, da Austrália, que também ganhou a medalha de ouro nos 800 metros. Introduzida para as mulheres em Munique 1972, a primeira campeã foi a soviética Lyudmila Bragina; o atual campeão olímpico é o argelino Taoufik Makhloufi; a turca Aslı Çakır Alptekin venceu a prova em Londres 2012 mas sua medalha foi cassada posteriormente por doping e a IAAF ainda não a realocou para a segunda colocada, Gamze Bulut, também da Turquia..[1] O recordista mundial da prova é o marroquino Hicham El Guerrouj, com a marca de 3:26.00, conquistada em Roma em 1998; entre as mulheres o recorde é da etíope Genzebe Dibaba, 3:50.07, em Mônaco, 2015.[2][3]

História[editar | editar código-fonte]

Não há registros da disputa desta prova na Antiguidade. Ela começou a ser disputada na França, no final do século XIX, como a distância métrica correspondente à clássica corrida da milha (1609 m). O primeiro recorde registrado foi do francês Julin Borel, 4.24.6, que a conseguiu em Paris em 22 de maio de 1892, poucos anos da ressurreição dos antigos Jogos Olímpicos feita pelo barão Pierre de Coubertin.[4]

A primeira marca reconhecida pela Federação Internacional de AtletismoIAAF é a do norte-americano Abel Kiviat, em Cambridge, Estados Unidos – 3.55.8 – em 8 de junho de 1912, durante a seletiva norte-americana para os Jogos de Estocolmo 1912.[4]

Grã-Bretanha e Estados Unidos tem uma grande tradição histórica de vitórias e medalhas olímpicas nesta prova mas nas últimas décadas ela vem sendo completamente dominada por atletas africanos, especialmente do Quênia e da África do Norte. No feminino, a disputa mais acirrada é entre a Rússia e atletas da Europa Oriental e as africanas.[5]

Recordes[editar | editar código-fonte]

De acordo com a Federação Internacional de Atletismo – IAAF.[2][3]

Homens
Recorde Tempo Atleta País Data Local
Recorde mundial 3:26.00 Hicham El Guerrouj Marrocos 14 julho 1998 Roma
Recorde olímpico 3:32.07 Noah Ngeny Quénia 29 setembro 2000 Sydney 2000
Mulheres
Recorde Tempo Atleta País Data Local
Recorde mundial 3:50.07 Genzebe Dibaba Etiópia 17 julho 2015 Mônaco
Recorde olímpico 3:53.96 Paula Ivan Roménia 1 outubro 1988 Seul 1988

Melhores marcas mundiais[editar | editar código-fonte]

As marcas abaixo são de acordo com a Federação Internacional de Atletismo – IAAF.[6][7]

Homens[editar | editar código-fonte]

Posição Tempo Atleta País Data Local
1 3:26.00 Hicham El Guerrouj Marrocos 14 julho 1998 Roma
2 3:26.12 Hicham El Guerrouj Marrocos 24 agosto 2001 Bruxelas
3 3:26.34 Bernard Lagat Quénia 24 agosto 2001 Bruxelas
4 3:26.45 Hicham El Guerrouj Marrocos 12 agosto 1998 Zurique
5 3:26.69 Asbel Kiprop Quénia 17 julho 2015 Mônaco
6 3:26.89 Hicham El Guerrouj Marrocos 16 agosto 2002 Zurique
7 3:26.96 Hicham El Guerrouj Marrocos 8 setembro 2002 Rieti
8 3:27.21 Hicham El Guerrouj Marrocos 11 agosto 2000 Zurique
9 3:27.34 Hicham El Guerrouj Marrocos 19 julho 2002 Mônaco
10 3:27.37 Noureddine Morceli Argélia 12 julho 1995 Nice

Mulheres[editar | editar código-fonte]

Posição Tempo Atleta País Data Local
1 3:50.07 Genzebe Dibaba Etiópia 17 julho 2015 Mônaco
2 3:50.46 Qu Yunxia China 11 setembro 1993 Pequim
3 3:50.98 Jiang Bo China 18 outubro 1997 Xangai
4 3:51.34 Lang Yinglai China 18 outubro 1997 Xangai
5 3:51.92 Wang Junxia China >11 setembro 1993 Pequim
6 3:52.47 Tatyana Kazankina União das Repúblicas Socialistas Soviéticas 13 agosto 1980 Zurique
7 3:53.91 Yin Lili China 18 outubro 1997 Xangai
8 3:53.96 Paula Ivan Roménia 1 outubro 1988 Seul
9 3:53.97 Lan Lixin China 18 outubro 1997 Xangai
10 3:54.11 Genzebe Dibaba Etiópia 8 julho 2015 Barcelona

Melhores marcas olímpicas[editar | editar código-fonte]

As marcas abaixo são de acordo com o Comitê Olímpico Internacional – COI.[8]

Homens[editar | editar código-fonte]

Posição Tempo Atleta País Medalha Local
1 3:32.07 Noah Ngeny Quénia ouro Sydney 2000
2 3:32.32 Hicham El Guerrouj Marrocos prata Sydney 2000
3
3:32.44
Bernard Lagat Quénia bronze Sydney 2000
4 3:32.53 Sebastian Coe Reino Unido ouro Los Angeles 1984
5 3:33.11 Asbel Kiprop Quénia ouro
Pequim 2008
6 3:33.40 Steve Cram Reino Unido prata Los Angeles 1984
7 3:34.00 Abdalaati Iguider Marrocos Londres 2012
8 3:34.08 Taoufik Makhloufi Argélia ouro Londres 2012
9 3:34.14 Mehdi Baala França Sydney 2000
10 3:34.16 Nicholas Willis Nova Zelândia prata Pequim 2008

* Em Londres 2012, o tempo do marroquino Abdalaati Iguider foi conquistado nas semifinais, por isso é mais rápido que o do campeão Makhloufi, conquistado na final, mais lenta; na final, Iguider fez um tempo bem mais lento do que na semifinal.

Mulheres[editar | editar código-fonte]

Posição Tempo Atleta País Medalha Local
1 3:53.96 Paula Ivan Roménia ouro Seul 1988
2 3:55.30 Hassiba Boulmerka Argélia ouro Barcelona 1992
3 3:56.56 Tatyana Kazankina União das Repúblicas Socialistas Soviéticas ouro Moscou 1980
4 3:56.91 Lyudmila Rogachova Equipa Unificada nos Jogos Olímpicos prata Barcelona 1992
5 3:57.08 Qu Yunxia China bronze Barcelona 1992
6 3:57.71 Christiane Wartenberg Alemanha Oriental prata Moscou 1980
7 3:57.90 Kelly Holmes Reino Unido ouro Atenas 2004
8 3:57.92 Tatyana Samolenko Equipa Unificada nos Jogos Olímpicos Barcelona 1992
9 3:58.12 Tatyana Tomashova Rússia prata Atenas 2004
10 3:58.39 Maria Cioncan Roménia bronze Atenas 2004

* As russas Lyudmila Rogachova e Tatyana Samolenko competiram em Barcelona 1992 pela Equipe Unificada da Comunidade dos Estados Independentes (CEI).

Marcas da lusofonia[editar | editar código-fonte]

País
Masculino
Atleta
Ano
Local
Feminino
Atleta
Ano
Local
Portugal
3:30.07
Rui Silva
2002
Mônaco
3:57.71
Carla Sacramento
1998
Mônaco
[9]
Brasil
3:33.25
Hudson de Souza
2005
Rieti
4:07.30
Juliana dos Santos
2010
San Fernando
[10]
Moçambique
3:39.41
Flávio Shoule
2013
Stellenbosch
4:01.50
Maria Mutola
2002
Roma
[11][12]
Angola
3:39.54
João Ntiyamba
1992
Barcelona
4:20.87
Rosa Saul
2003
Castellon
[13]
Cabo Verde
3:48.24
Leão Carvalho
2001
sem registro
4:33.18
Sónia Lopes
2007
Lisboa
[14]

Referências

  1. «Turkey’s Asli Cakir Alptekin stripped of Olympic 1500m title for doping». The Guardian. Consultado em 19 August 2015. 
  2. a b «MIDDLE/LONG - 1500 METRES W». IAAF. Consultado em 1 September 2015. 
  3. a b «MIDDLE/LONG - 1500 METRES M». IAAF. Consultado em 1 September 2015. 
  4. a b «Histórico das Provas - Masculino». CBat. Consultado em 1 September 2015. 
  5. «1500 METRES». IAAF. Consultado em 1 September 2015. 
  6. «All time best M». IAAF. Consultado em 1 September 2015. 
  7. «All time best». IAAF. Consultado em 1 September 2015. 
  8. «48 PAST OLYMPIC GAMES». OIC. Consultado em 24/04/2013. 
  9. «RECORDES DE PORTUGAL». FPA. Consultado em 1 September 2015. 
  10. «Recordes». CBat. Consultado em 1 September 2015. 
  11. «1500 meter Sen Men ; Official result». ASA. Consultado em 2 September 2015. 
  12. «profile». IAAF. Consultado em 1 September 2015. 
  13. «estatisticas». FAA. Consultado em 1 September 2015. 
  14. «Tabela de Records de Cabo Verde». FCA. Consultado em 1 September 2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]