Estafeta (atletismo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde Maio de 2008). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Estafeta (português europeu) ou revezamento (português brasileiro) designa, em atletismo, o percurso feito por vários elementos de uma equipe. Cada elemento realiza o trajeto que lhe compete, dentro do limite das zonas de transmissão que o regulamento prevê.

Ao iniciar-se uma estafeta, o primeiro elemento, transportando um testemunho (bastão), entrega-o, em mão, ao elemento seguinte da sua equipa, e assim sucessivamente até o último que, mantendo o testemunho com que a sua equipe iniciou a prova, cruzará a linha da meta.

As estafetas que integram os Jogos Olímpicos são as de 4x100 m e as de 4x400 m, tanto para homens como para mulheres. Fora do referido programa, são considerados ainda recordes do mundo para as estafetas, tanto masculinos como femininas, 4x200 m, 4x800 e 4x1500 m.

São também realizadas provas de estafetas em estrada ou no campo por equipes com mais de quatro elementos.

Tipos de transmissão[editar | editar código-fonte]

A transmissão do testemunho é realizada dentro da zona de transmissão, sendo que os atletas continuam em ato de corrida. Se a transmissão for bem executada, o recetor do testemunho não terá de olhar para trás, enquanto corre. Existem dois tipos de transmissões:

Transmissão ascendente[editar | editar código-fonte]

Este tipo de transmissão é realizada de forma ascendente, isto é, o atleta que tem o testemunho na sua posse, realiza um movimento ascendente com a mão, de modo a transferir o testemunho para a mão do atleta seguinte, o qual deve ter a palma da sua mão virada para baixo e o polegar afastado.

Transmissão descendente[editar | editar código-fonte]

Por sua vez, este tipo de transmissão é realizada de modo descendente, ou seja, o atleta que possui o testemunho tem a mão elevada e realiza um movimento descendente (em direção ao chão). Por outro lado, o atleta que receberá o testemunho deverá posicionar a palma da sua mão virada para cima, de maneira a que o outro atleta realize a transmissão com mais facilidade.