Munio Viegas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Munio Viegas, "o Gasco" (c. 950 - 1022, Batalha de Vila Boa do Bispo, Vila Boa do Bispo), foi um nobre medieval do condado de Coimbra.

Vida[editar | editar código-fonte]

Munio Viegas é uma figura importante na história do Porto; foi capitão da armada dos gascões, com a qual desembarcou na foz do rio Douro, vencendo os mouros e tomando a terra rio acima de ambas as margens, reconquistando do domínio de Almançor a cidade do Porto. Teria morrido junto a dois de seus filhos na Batalha de Vila Boa do Bispo.

Relações familiares[editar | editar código-fonte]

Munio Viegas é tido como filho de Egas Moniz e Dorotéia e neto de Munio Guterres e Elvira Arias, sendo assim sobrinho de Gonçalo Moniz, Conde de Coimbra (fl. 928 - 981); por outra hipótese seria filho do mesmo Gonçalo Moniz. Casou com Valida Trocozendes, filha de Trocosendo Guedes. Tiveram os seguintes filhos:

  1. Mem Moniz de Gandarei[1]
  2. Egas Moniz de Ribadouro, senhor de Ribadouro e casado com Toda Ermiges filha de Ermígio Aboazar e de Vivili Turtezendes.
  3. Garcia Moniz, fundador do Mosteiro de Travanca

Referências