Narciso Araújo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Narciso Araújo.

Narciso Araújo (Itapemirim, Espírito Santo, 6 de agosto de 1877 — Itapemirim, 16 de abril de 1944) foi um poeta, jornalista, advogado e político brasileiro.[1][2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Narciso Araújo realizou os seus estudos no Colégio Pedro II e obteve seu bacharelado na Faculdade de Direito, no Rio de Janeiro, onde participou do movimento simbolista, e posteriormente regressou à sua cidade natal, onde passou a ser conhecido como o "solitário de Itapemirim". Foi eleito deputado ao Congresso Estadual do Espírito Santo. Publicou os seus poemas nos jornais. Em 1941 foi eleito o Príncipe dos Poetas Capixabas e uma série das suas poesias foi editada.[3]

Referências

  1. «Acervo do escritor Narciso Araújo apresentada nesta quinta (14)». Secretaria de Estado da Cultura. 11 de julho de 2016 
  2. «Digitalização e publicação online do acervo do poeta Narciso Araújo (1877-1944)». Estação Capixaba. 14 de julho de 2016 
  3. «Narciso Araújo». Antônio Miranda. Consultado em 22 de maio de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre um poeta ou uma poetisa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.