Natator depressus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Natator depressus
Natator depressus00.jpg
CITES Appendix I (CITES)[2]
Classificação científica edit
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Ordem: Testudines
Subordem: Cryptodira
Superfamília: Chelonioidea
Família: Cheloniidae
Subfamília: Cheloniinae
Gênero: Natator
McCulloch, 1908
Espécies:
N. depressus
Nome binomial
Natator depressus
(Garman, 1880)
Natator depressus distribution and nesting beaches.png
Sinónimos[3]
  • Chelonia depressa
    Garman, 1880 (protonym)
  • Natator tessellatus
    McCulloch, 1908
  • Natator depressus
    Zangerl et al., 1988

A tartaruga-marinha-australiana (Natator depressus) é uma espécie de tartaruga marinha, endémica da plataforma continental da Austrália. É o único membro do género Natator.

Anatomia[editar | editar código-fonte]

Podem alcançar 1 m de comprimento. A carapaça do adulto tem em média 90 cm de comprimento.

Distribuição[editar | editar código-fonte]

Esta espécie pode alimentar-se em águas ao largo da Indonésia e Papua-Nova Guiné, mas apenas faz a sua postura na Austrália. As posturas ocorrem na metade norte da Austrália, de Exmouth, na Austrália Ocidental, até Mon Repos, em Queensland. O local mais significativo onde ocorrem posturas situa-se em Crab Island, a ocidente do Estreito de Torres.

Alimentação[editar | editar código-fonte]

Alimentam-se de algas, invertebrados marinhos e de peixes.

Reprodução[editar | editar código-fonte]

A reprodução desta espécie, assim como todas as outras, é sexuada, pois há troca de gametas. Esta espécie faz uma postura com poucos ovos, mas de dimensões maiores, quando comparados com os de outras tartarugas marinhas. As fêmeas emergem até às praias onde fizeram posturas até 30 anos atrás, e aí depositam os seus ovos. Esta tarefa demora cerca de hora e meia. A fêmea cava um buraco com as suas nadadeiras anteriores, e as nadadeiras posteriores cavam uma pequena câmara onde serão depositados os ovos. Os ovos são depois cobertos de areia com o auxílio das nadadeiras posteriores, mas também com as anteriores. Durante a época de postura, as fêmeas colocarão ovos a cada 16-17 dias. Terminando uma época de postura, uma fêmea só voltará a fazer postura 2-3 anos depois.

Os machos não regressam a terra, visto que o acasalamento ocorre no mar.

Referências

  1. Red List Standards.; Petitions Subcommittee (1996). «Natator depressus». Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas. 1996: e.T14363A4435952. doi:10.2305/IUCN.UK.1996.RLTS.T14363A4435952.enAcessível livremente. Consultado em 19 de novembro de 2021 
  2. «Appendices | CITES». cites.org. Consultado em 14 de janeiro de 2022 
  3. Espécie Natator depressus no The Reptile Database

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre tartarugas, integrado no Projeto Anfíbios e Répteis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.