Noite Estrelada Sobre o Ródano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Noite Estrelada Sobre o Ródano
Autor Vincent van Gogh
Data 1888
Técnica óleo sobre tela
Dimensões 72,5  × 92 
Localização Musée d'Orsay, Paris

Noite Estrelada Sobre o Ródano é uma pintura de 1888 do pintor holandês Vincent van Gogh.[1] O quadro foi pintado após a sua mudança para Arles, no sul da França, nove meses antes de ser hospitalizado e dois anos antes de suicidar-se. Em Arles, van Gogh produziu outras obras famosas, como Quarto em Arles e Terraço do Café à Noite.

Atualmente a obra está exposta no Musée d'Orsay, em Paris, França. Ela foi exposta pela primeira vez em 1989 Salon des Artistes Independants.

O quadro[editar | editar código-fonte]

A obra retrata a paisagem vista à noite à beira do Ródano, um importante rio europeu. Van Gogh descreveu para seu irmão Théo em uma carta o quadro:

Atualmente se sabe que vista do retrato é longe da Ursa Major, que é para o norte. É possível que o esboço enviado para o seu irmão fosse baseado na composição original.[3]

As estrelas[editar | editar código-fonte]

Quando sinto uma terrível necessidade de religião, saio à noite para pintar as estrelas (Van Gogh)

Van Gogh se mudou para Arles em busca de luz e cor para suas obras. No lugar, a vivacidade cromática dos astros e estrelas o encantaram e chegou a dizer que estava “terrivelmente fascinado pelo problema de pintar cenas ou efeitos noturnos no local, ou melhor, à noite.” De acordo com biógrafos, para que ele pudesse pintar o céu de forma mais real possível, apenas com o efeito do gás dos lampiões da cidade, ele sentou à beira do rio Ródano e improvisou um candelabro colando velas em seu chapéu de palha.[4] Neste momento, sua obra se mostra mais perto do Expressionismo.

De acordo com alguns críticos de arte, a representação das estrelas seriam uma expressão do eu lírico do pintor.[5]

Apesar de todo esplendor cromático encontrado na obra, o quadro apresenta um certa calmaria, diferente de outras obras do pintor, carregadas de perturbação mental, como  a famosa Noite Estrelada. Ele chegou a escrever ao seu irmão dizendo que se seus quadros tivessem todos esta calma, haveria público para as suas obras. Porém, foi durante este período que após uma crise nervosa e uma discussão com Gaughin, o artista cortou a sua própria orelha.

Referências

  1. RIBEIRO, Claudete. Arte e resistência: Vincent Willem Van Gogh. 2000. 229 f. Tese (livre-docência) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Artes, 2000. Disponível em: <http://hdl.handle.net/11449/116108>.
  2. «Letter from Vincent van Gogh to Theo van Gogh Arles, 28 September 1888» 
  3. «Starry Night Over the Rhône» 
  4. «Os Céus Estrelados de Van Gogh» 
  5. SALZEDAS, Nelyse Ap. (2009). «Imagem e Representação: Vendo Estrelas» (PDF). II Encontro Nacional de Estudos da Imagem - Anais. Consultado em 2 de setembro de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre pintura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.