Nuno Camarneiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nuno Camarneiro
Nascimento 17 de agosto de 1977
Sé Nova, Coimbra
Nacionalidade Portugal Português
Parentesco Rita Camarneiro (irmã)
Ocupação Professor universitário e escritor
Prémios Prémio LeYa 2012 pela obra Debaixo de Algum Céu

Nuno Filipe Camarneiro Mendes (Coimbra, Sé Nova, 17 de Agosto de 1977) é um escritor e professor universitário português. É irmão da apresentadora Rita Camarneiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu às 8 horas e 45 minutos, filho de Urbano Murta Mendes e de sua mulher Maria Olívia Amaral Camarneiro, ambos de Montemor-o-Velho, Montemor-o-Velho, mas residentes na Figueira da Foz. Neto paterno de Joaquim Mendes e de sua mulher Maria da Saudade Murta e neto materno de Lucílio Alexandre Gomes Camarneiro e de sua mulher Zulmira Amaral.

Formou-se em Engenharia Física pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, trabalhou no CERN e doutorou-se em Florença em Ciências aplicadas ao Património Cultural[1]. É investigador na Universidade de Aveiro e docente na Universidade Portucalense.

Em 2011 publicou o seu primeiro romance "No Meu Peito Não Cabem Pássaros" e em 2013 "Debaixo de Algum Céu" com o qual venceu o Prémio LeYa [2].
É editado na LeYa por Maria do Rosário Pedreira.[3]

Obras publicadas[editar | editar código-fonte]

Romances:

  • No Meu Peito Não Cabem Pássaros (Dom Quixote), Junho de 2011
  • Debaixo de Algum Céu (LeYa), Abril de 2013

Contos:

  • Se Eu Fosse Chão (Dom Quixote), Maio de 2015

Teatro:

  • Ainda Hoje Era Ontem, 2015

Literatura infantil

  • Não Acordem os Pardais, Setembro de 2015 (ilustrações de Rosário Pinheiro)[4]

Publicações em Revistas Literárias:

  • “Nephelibate”, Nouvelle Revue Française, Gallimard, 2013[5]
  • “Beijar o Mar”, “Rua Larga”, Universidade de Coimbra, 2012
  • "Concomitância", "A Sul de Nenhum Norte", 2012
  • “Heteróclito”, revista “Voca”, Porto, 2009

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]