O Único e Eterno Rei

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
The Once and Future King
O Único e Eterno Rei (BR)
Autor(es) T. H. White
Idioma inglês
País Reino Unido
Gênero Literatura fantástica
Editora Collins
Lançamento 1958

The Once and Future King (no Brasil, O Único e Eterno Rei) é um série Arturiana de fantasia de T. H. White. Foi primeiramente publicado em 1958, sendo uma composição de trabalhos escritos entre 1938 e 1941. O tema central explora a natureza humana em relação ao poder e a justiça, com o jovem Artur se tornando rei e tentando ser um cavaleiro ideal.

O Título vem de uma inscrição que, de acordo com a obra de Thomas Malory, Le Morte d'Arthur, foi escrita na tumba do Rei Artur: Hic iacet Arthurus, rex quondam, rexque futurus - Aqui descansa Artur, uma vez rei, sempre rei."[1]

Enredo[editar | editar código-fonte]

O livro se passa em "Gramarye", o nome que White deu para a Bretanha, e conta o crescimento e educação do Rei Artur, o reino sobre sua liderança e o romance entre Lancelote e Genebra. Embora Artur, isso se ele existiu, tenha governado no século VI, o livro acontece no século XIV, e a monarquia desse período é caracterizada como "mítica". O livro se encerra após a batalha de Artur contra sua filho ilegítimo Mordred. Ainda que White admita que seu livro se baseou na obra Le Morte d'Arthur, ele reinterpreta os eventos históricos, adaptando o contexto histórico para se adequar a mundo pós Segunda Guerra Mundial.

O livro é divido em quatro partes:

A última parte, chamada O livro de Merlin (escrito em 1941, publicado em 1977), foi publicada postumamente. Conta a história de Artur terminando sua educação com Merlin um pouco antes da sua morte, embora algumas partes foram adicionadas quando o livro estava para ser lançado em 1977.[2]


Ícone de esboço Este artigo sobre literatura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências

  1. Sir Thomas Malory (1485). Le Morte d'Arthur. William Caxton. "And many men say that there ys wrytten uppon the thumbe thys: HIC IACET ARTHURUS, REX QUONDAM REXQUE FUTURUS."
  2. White, T.H. (1977). The Book of Merlyn. [S.l.: s.n.] ISBN 0-292-70769-X