Once Upon a Time (1.ª temporada)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde julho de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Once Upon a Time
1.ª Temporada
País de origem  Estados Unidos
Número de episódios 22
Exibição
Emissora original ABC
Transmissão original 23 de outubro de 2011 13 de maio de 2012
Lançamento em DVD
Região 1 28 de agosto de 2011
Cronologia de temporadas
Último
2.ª Temporada
(2012–2013)
Próximo

A primeira temporada de Once Upon a Time, uma série de televisão americana de drama, romance e fantasia, foi desenvolvida por Edward Kitsis e Adam Horowitz e estrelada por Ginnifer Goodwin, Jennifer Morrison e Lana Parrilla. Estreou em 23 de outubro de 2011 e terminou em 13 de maio de 2012 com 22 episódios.

A temporada foi recebida com ótimos resultados e críticas, tornando-se uma das maiores audiências da ABC e levando a emissora à liderança no horário 20-21hs. Também na época dessa 1ª temporada, a série foi indicada a vários prêmios e nomeações, chegando a ser escolhida como "Série Estreante Favorita" na cerimônia do TV Guide Awards (2011).

Sinopse[editar | editar código-fonte]

A série conta a história de Emma Swan (Jennifer Morrison), uma solitária caçadora de recompensas que foi abandonada quando recém-nascida. Até que, no seu 28º aniversário, Emma é abordada por um menino de dez anos que se identifica como seu filho, Henry (Jared S. Gilmore), a quem a mesma deu para adoção ainda bebê. Não querendo um relacionamento com ele, Emma concorda em levá-lo de volta para sua casa, em um pequena cidade chamada Storybrooke, uma pequena cidade no Maine. O que ela não sabe, porém, é que foi a Rainha Má (Lana Parrilla) quem enviou todas as pessoas do mundo encantado para tal lugar, após lançar uma poderosa maldição em todo o Reino Encantado para obter sua vingança, fazendo com que todos os habitantes esquecessem quem realmente são, e começassem a viver novas vidas, com novas identidades e histórias.

Porém nem tudo está perdido. Antes da maldição se abater nos habitantes de tal reino, Branca de Neve (Ginnifer Goodwin) e o Príncipe Encantado (Josh Dallas) conseguem salvar a própria filha, que está destinada a ajudá-los quando completar 28 anos, segundo uma profecia. E foi assim que Emma chegou ao nosso mundo, sempre se perguntando o porque de ter sido abandonada pelos pais enquanto crescia. E Henry é o responsável por levá-la à cidade, contando sobre a maldição e fazendo-a ficar por lá por alguns dias. Por mais que não acredite nas palavras do filho, ela vê que aquele é um local nada comum; um lugar onde a mágica foi esquecida, mas ainda existe; onde personagens de contos de fadas estão vivos, sem se lembrar de quem são de verdade ou de onde vieram. Agora cabe a Emma aceitar o seu destino e lutar pela sobrevivência dos dois mundos.

Aos poucos, Emma acaba começando uma batalha interna em Storybrooke contra a Prefeita Regina Mills (Lana Parrilla), algo que começa a atrair aliados e inimigos para seu lado - incluindo o misterioso Mr. Gold (Robert Carlyle), um ser profundo e ambicioso que parece estar lutando apenas por si próprio. Em cada episódio uma história de conto de fada é narrada em flashbacks, e personagens conhecidos como a Chapeuzinho Vermelho (Meghan Ory), o Chapeleiro Maluco (Sebastian Stan), o Grilo Falante (Raphael Sbarge), o Pinóquio (Eion Bailey) e vários outros (como a Cinderela, interpretada por Jessy Schram, ou o valente Graham, vivido por Jamie Dornan) começam a ser explorados, simultaneamente em Storybrooke e no mundo dos contos de fadas, fazendo com que o quebra cabeça para desvendar e quebrar a maldição comece a ser juntado.

Elenco e personagens[editar | editar código-fonte]

Elenco regular[editar | editar código-fonte]

Elenco recorrente[editar | editar código-fonte]

Elenco convidado[editar | editar código-fonte]