Organização do Mundo Islâmico para Educação, Ciência e Cultura

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
O novo logotipo da Organização.

A Organização do Mundo Islâmico para Educação, Ciência e Cultura (ICESCO) é uma organização especializada que trabalha no âmbito da Organização de Cooperação Islâmica nos campos da educação, ciência e cultura nos países islâmicos, para apoiar e fortalecer os laços entre os Estados membros, com sede em Rabat (Marrocos), o seu atual Diretor Geral é Dr. Salem Ben Muhammad Al-Malik.[1][2][3][4]

História[editar | editar código-fonte]

A Alta Resolução emitida pela Terceira Conferência da cimeira Islâmica celebrada em Meca, em 28 e 25 de janeiro de 1981, foi uma confirmação do estabelecimento de um novo organismo islâmico internacional dentro dos órgãos conjuntos de ação islâmica, no âmbito da Organização de Cooperação Islâmica, batizado com o nome de: "Organização Islâmica para Educação, Ciência e Cultura".

Na quarta-feira, 30 de janeiro de 2020, o Conselho Executivo da Organização Islâmica para Educação, Ciência e Cultura (ICESCO) aprovou durante a sua quadragésima sessão, organizada nos dias 29 e 30 de janeiro de 2020, em Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos) alterar o nome da organização para: Organização do Mundo Islâmico para Educação, Ciência e Cultura (ICESCO).

Neste sentido, o Dr. Salem Ben Muhammad Al-Málik, Diretor Geral da ICESCO disse que a mudança do nome da organização visa eliminar a confusão comum sobre a natureza das suas funções e prerrogativas sem proselitismo, além de abrir horizontes mais amplos para que esteja presente internacionalmente.

Além disso, o novo nome reflete claramente a natureza da mensagem  civilizacional, que a organização promove em seus campos de interess, a saber; a educação, ciência, cultura, comunicação, além da suas metas e objetivos que  deseja atingir.

Objetivos[editar | editar código-fonte]

  • Fortalecer, promover e consolidar a cooperação entre os países membros nos campos da educação, ciência, cultura e comunicação, bem como promover e desenvolver esses campos no marco da referência civilizacional do mundo islâmico para os países membros à luz dos valores e ideais islâmicos.
  • Apoiar a compreensão mútua entre os povos dentro e fora dos países membros, além de contribuir para a restauração da paz e segurança no mundo com várias maneiras, especialmente através da educação, ciência, cultura e comunicação.
  • Divulgar a imagem correta do Islão, bem como a cultura islâmica e promover o diálogo entre civilizações, culturas e religiões, trabalhando para difundir os valores da justiça e da paz,  além dos princípios de liberdade e direitos humanos desde uma perspectiva da civilização islâmica.
  • Incentivar a interculturalidade e apoiar as manifestações de diversidade nos Estados Membros, preservando a identidade cultural e protegendo a independência intelectual.
  • Fortalecer a integração e coordenação entre as instituições especializadas da Organização de Cooperação Islâmica nos campos da educação, ciência, cultura e comunicação, inclusive entre os Estados membros da ICESCO, melhorando a cooperação e a associação com instituições governamentais e não-governamentais similares de interesse comum, dentro e fora dos Estados membros.
  • Dar muito interesse à cultura islâmica, destacando suas características e divulgando-as através de estudos intelectuais, pesquisas científicas e planes educacionais.
  • Trabalhar para complementaridade e interdependência entre sistemas educacionais nos Estados Membros.
  • Apoiar os esforços das instituições educacionais, científicas e culturais para muçulmanos em países não membros da ICESCO.

Estados membros da ICESCO por data de adesão[editar | editar código-fonte]

A Carta da Organização do Mundo Islâmico para a Educação, Ciência e Cultura estipula que todos os Estados membros da Organização da Cooperação Islâmica se tornem de fato membros da ICESCO após a assinatura oficial da Carta, após a conclusão dos procedimentos legais e legislativos sobre o pedido de adesão, bem como notificá-lo por escrito à Administração Geral da ICESCO, no entanto, qualquer país que não seja filiado, ou membro Observador na Organização da Conferência Islâmica, não poderá ser membro da ICESCO.

Até a data, o número dos estados membros da Organização Islâmica atingiu cinquenta e dois (54) de um total de cinquenta e sete (57) estados membros da Organização para Cooperação Islâmica, está organizado aqui em ordem alfabética árabe, com o ano de adesão à organização.

Bandeira Nome Data de adesão
 Azerbaijão República do Azerbaijão 1991
Jordânia Reino Hachemita da Jordânia 1982
 Afeganistão República Islâmica do Afeganistão 2003
 Emirados Árabes Unidos Estado dos Emirados Árabes Unidos 1983
Indonésia República da Indonésia 1986
 Uzbequistão República do Uzbequistão 2017
Uganda República do Uganda 2012
 Irão República Islâmica do Irã 1992
Paquistão República Islâmica do Paquistão 1982
 Bahrein Reino de Bahrain 1982
 Brunei Brunei Darussalam 1985
 Bangladesh República Popular do Bangladesh 1982
 Benim República do Benim 1988
 Burkina Faso Burkina Faso 1982
Tajiquistão República do Tajiquistão 1993
 Turquia República da Turquia 2017
Chade República Tchad 1982
Togo República Togolesa 2002
 Tunísia República tunisina 1982
 Argélia República Democrática Popular da Argélia 2000
Djibouti República do Djibuti 1982
Arábia Saudita Reino da Arábia Saudita 1982
Sudão República do Sudão 1982
Suriname República do Suriname 1996
 Síria República Árabe da Síria 1982
Serra Leoa República da Serra Leoa 1984
Senegal República do Senegal 1982
Somália República Federal da Somália 1982
 Iraque República do Iraque 1982
Omã Sultanato de Omã 1982
Gabão República do Gabão 1982
Gâmbia República da Gâmbia 1982
Guiana República da Guiana 2014
Guiné República da Guiné 1982
Guiné-Bissau República da Guiné-Bissau 1984
 Palestina Estado da Palestina 1982
Cazaquistão República do Cazaquistão 1996
 Catar Estado do Qatar 1982
Comores União das Comores 1982
 Quirguistão República do Quirguizistão 1996
Camarões República dos Camarões 2001
Costa do Marfim República da Costa do Marfim 2001
Kuwait Estado do Kuwait 1982
Líbano República Libanesa 2002
 Líbia Estado da Líbia 1984
Maldivas República das Maldivas 1982
Mali República do Mali 1982
 Malásia Malásia 1982
 Egito República Árabe do Egito 1984
 Marrocos Reino de Marrocos 1982
Mauritânia República Islâmica da Mauritânia 1982
Níger República do Níger 1982
Nigéria República Federal da Nigéria 2001
Iêmen República do Iêmen 1983


A palavra (ICESCO) consiste nas primeiras letras da organização ((IslamiC world Education, Science and Culture Organization), que significa A Organização do Mundo Islâmico para  Educação, Ciência e Cultura.

Referências

  1. «Islamic Educational, Scientific and Cultural Organization (ISESCO)» (em inglês). Bangkok. Consultado em 16 de julho de 2020. Cópia arquivada em 16 de julho de 2020 
  2. «The Islamic Educational, Scientific and Cultural Organization» (em inglés). Consultado em 16 de julho de 2020. Cópia arquivada em 16 de julho de 2020 
  3. «ISESCO en el campo de las relaciones internacionales». Buenos Aires. Consultado em 16 de julho de 2020 
  4. «Membership» (em inglês). Rabat. Consultado em 16 de julho de 2020