Saltar para o conteúdo

Partido Comunista da Venezuela

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Partido Comunista da Venezuela
Partido Comunista de Venezuela
Partido Comunista da Venezuela
Líder Óscar Figuera
Fundação 5 de março de 1931 (93 anos)
Sede Caracas,  Venezuela
Ideologia Comunismo
Marxismo-leninismo
Espectro político Extrema-esquerda
Publicação Tribuna Popular
Ala de juventude Juventude Comunista da Venezuela
Afiliação nacional Alternativa Popular Revolucionária
Afiliação internacional Foro de São Paulo
EIPCO
Assembleia Nacional da Venezuela
1 / 277
Parlamento do Mercosul
0 / 32
Governadores
0 / 23
Prefeitos
0 / 337
Cores      Vermelho
     Amarelo
Página oficial
https://prensapcv.wordpress.com/

O Partido Comunista da Venezuela, mais conhecido como PCV, é um partido político venezuelano fundado em 5 de março de 1931, sendo atualmente a agremiação partidária mais longeva do sistema político venezuelano.

Defensor do comunismo, atualmente o PCV é liderado é Óscar Figuera. Publica mensalmente o jornal Tribuna Popular. A ala jovem do partido é a Juventude Comunista da Venezuela (JCV).

Apoio oficial a Hugo Chávez

[editar | editar código-fonte]

Na eleição legislativa de 2005 o partido recebeu 133.686 votos e elegeu 8 deputados para a Assembleia Nacional da Venezuela. Na eleição presidencial de 2006, o PCV apoiou oficialmente a reeleição presidente Hugo Chávez, que reelegeu-se logo no primeiro turno, obtendo 7.309.080 votos (62,8% dos votos válidos).

Rompimento com o chavismo

[editar | editar código-fonte]

Historicamente alinhados ao chavismo, os comunistas romperam politicamente com o governo de Nicolás Maduro em agosto de 2020, criticando a gestão econômica do país e denunciando ataques sistemáticos por parte do regime chavista contra integrantes do partido[1][2].

Dessa forma, o PCV anunciou nesse mesmo ano a formação da Alternativa Popular Revolucionária, coalizão de partidos de esquerda dissidentes do chavismo para lançar candidaturas conjuntas para a eleição legislativa de 2020, onde obtiveram 170.352 votos (2,53% dos votos válidos), elegendo 1 deputado para a Assembleia Nacional da Venezuela.[3]

Intervenção judicial

[editar | editar código-fonte]

Em agosto de 2023, o Tribunal Supremo de Justiça da Venezuela destituiu a direção do PCV e nomeou uma nova, tal como já havia feito nos últimos anos em vários partidos opositores; o PCV rejeitou a substituição da sua direção, considerando que tal revelou "a natureza autoritária e antidemocrática" do governo.[4]

Resultados eleitorais

[editar | editar código-fonte]

Eleições presidenciais

[editar | editar código-fonte]
Data Candidato próprio ou apoiado CI. Votos % Status
1947 Gustavo Machado 38.587
3,3 / 100,0
Não eleito
1958 Wolfgang Larrazábal 903.479
34,6 / 100,0
1963 Banido
1968
1973 Jesus Paz Gallarraga 221.239
5,1 / 100,0
Não eleito
1978 Héctor Mujica 29.305
0,5 / 100,0
1983 José Vicente Rangel 221.918
3,4 / 100,0
1988 Edmundo Chirinos 59.034
0,8 / 100,0
1993 Rafael Caldera 1.710.722
30,5 / 100,0
Eleito
1998 Hugo Chávez 3.673.685
56,2 / 100,0
2000 3.757.773
59,8 / 100,0
2006 7.309.080
62,8 / 100,0
2012 8.191.132
55,1 / 100,0
2013 Nicolás Maduro 7.587.579
50,6 / 100,0
2018 6.245.862
67,8 / 100,0

Eleições legislativas

[editar | editar código-fonte]
Data CI. Votos % +/- Deputados +/- Status
1946 50.837
3,6 / 100,0
Novo
2 / 160
Aumento 2 Oposição
1947 43.190
3,6 / 100,0
Estável 0,0
3 / 110
Aumento 1
1952 Banido
1958 160.791
6,2 / 100,0
Aumento 2,6
7 / 132
Aumento 4 Oposição
1963 Banido
1968
1973 52.754
1,2 / 100,0
Baixa 5,0
2 / 200
Baixa 5 Oposição
1978 55.168
1,0 / 100,0
Baixa 0,2
1 / 199
Baixa1
1983 115.162
1,7 / 100,0
Aumento 0,7
3 / 200
Aumento 2
1988 11º 59.034
0,8 / 100,0
Baixa 0,9
1 / 201
Baixa 2
1993 10º 21.180
0,4 / 100,0
Baixa 0,4
0 / 203
Baixa 1 Extra-parlamentar
1998 13º 28.827
0,6 / 100,0
Aumento 0,2
2 / 207
Aumento 2 Governo
2000 12º 57.118
0,9 / 100,0
Aumento 0,3
0 / 165
Baixa 2 Extra-parlamentar
2005 94.606
2,7 / 100,0
Aumento 1,8
7 / 165
Aumento 7 Governo
2010 193.804
1,2 / 100,0
Baixa 1,5
3 / 165
Baixa 4
2015 Grande Polo Patriótico Simón Bolívar
2 / 165
Baixa 1 Oposição
2020 170.352
2,7 / 100,0
Aumento 1,5
1 / 277
Baixa 1

Referências

  1. «Partido Comunista de Venezuela se "distancia" de Maduro». diariolasamericas.com (em espanhol). Consultado em 10 de dezembro de 2020 
  2. de 2020, Por Sebastiana Barráez11 de Septiembre. «El Partido Comunista de Venezuela denunció que está recibiendo "ataques desproporcionados" del régimen de Nicolás Maduro». infobae (em espanhol). Consultado em 10 de dezembro de 2020 
  3. «Divulgaciones». CNE. 17 de dezembro de 2020. Consultado em 6 de março de 2022 
  4. «Partido Comunista da Venezuela denuncia "assalto" do governo à sua organização». Diário de Notícias. 12 de agosto de 2023. Consultado em 13 de agosto de 2023