Partido Verde da Suíça

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Partido Verde da Suíça
Grüne Partei der Schweiz
Les vert-e-s – Parti écologiste suisse
I Verdi – Partito ecologista svizzero
La Verda – Partida ecologica svizra
Presidente Balthasar Glättli (desde 2020)[1]
Vice-Presidentes Florence Brenzikofer
Luzian Franzini
Oleg Gafner
Isabelle Pasquier-Eichenberger
Franziska Ryser
Nicolas Walder
Fundação 28 de maio de 1983
Sede Waisenhausplatz 21 CH-3011, Berna, Suíça
Ideologia Políticas verdes[2]
Progressismo
Pró-Europeísmo
Espectro político Centro-esquerda[3] a esquerda[4]
Ala jovem Juventude Verde
Membros (2020) 10 500[5]
Afiliação europeia Partido Verde Europeu
Conselho
Federal
0 / 7
Conselho
dos Estados
5 / 46
Conselho
Nacional
28 / 200
Executivos
Cantonais
7 / 154
Assembleias
Cantonais
225 / 2 609
Executivos
Comunais
54 / 1 146
Assembleias
Comunais
471 / 5 403
Cores Verde
Página oficial
https://gruene.ch/

O Partido Verde da Suíça (em alemão: Grüne Partei der Schweiz GPS; em italiano, I Verdi – Partito ecologista svizzero PES; em francês , Les vert-e-s – Parti écologiste suisse PES; em romanche, La Verda – Partida ecologica svizra, PES) é um partido ecologista suíço e o maior partido que não está representado no Conselho Federal[6].

História[editar | editar código-fonte]

O primeiro Partido Verde na Suíça foi fundado como um partido local em 1971 na cidade de Neuchâtel. Em 1979, Daniel Brélaz foi eleito para o Conselho Nacional como o primeiro deputado verde a nível nacional (na Suíça e no mundo). Partidos e organizações verdes locais e regionais foram fundados em muitas cidades e cantões diferentes nos anos seguintes.

Em 1983, foram criadas duas federações nacionais do Partido Verde: em maio, diversos grupos verdes locais se reuniram em Friburgo para formar a Federação dos Partidos Verdes da Suíça ; em junho, alguns grupos de esquerda alternativa formaram o Partido Alternativo Verde da Suíça em Berna. Em 1990, uma tentativa de combinar essas organizações falhou. Posteriormente, alguns dos grupos membros do Partido Alternativo Verde aderiram à Federação de Partidos Verdes, que se tornou o Partido Verde nacional de fato. Em 1993, a Federação dos Partidos Verdes mudou seu nome para o Partido Verde da Suíça.[7]

Em 1986, os dois primeiros membros verdes de um governo cantonal tornam-se membros do Regierungsrat de Berna.

Em 1987, o Partido Verde da Suíça ingressou na Federação Europeia de Partidos Verdes.

Na década de 1990, membros do Partido Verde tornaram-se prefeitos, membros do tribunal superior e até presidente de um governo cantonal (Verena Diener em 1999).

Em 2007, a ala centrista do partido se separou e formou o Partido Liberal Verde da Suíça.

Políticas[editar | editar código-fonte]

As posições do Partido Verde no espectro político suíço (2007)

As ênfases tradicionais das políticas do partido estão no ambientalismo e nos meios de transporte verdes. Em termos de política externa, os verdes defendem o internacionalismo e o pacifismo. Na política económica, os verdes são de centro-esquerda. A maioria dos verdes apoia a adesão da Suíça à União Europeia. Na política de imigração, os verdes apoiam outras iniciativas de integração dos imigrantes. Os verdes apoiam medidas para aumentar a eficiência energética, opondo-se à energia nuclear e apoiar o aumento dos preços de energia e combustível. De acordo com sua política, as receitas resultantes devem ser alocadas aos gastos com previdência social.

Resultados Eleitorais[editar | editar código-fonte]

Eleições legislativas[editar | editar código-fonte]

Percentagens do Partido Verde a nível distrital em 2011.
Data Cl. Votos % +/- Conselho dos
Estados
+/- Conselho
Nacional
+/-
1979 12.º 11 583
0,6 / 100,0
0 / 46
1 / 200
1983 10.º 37 079
1,9 / 100,0
Aumento1,3
0 / 46
Estável
3 / 200
Aumento2
1987 5.º 94 378
4,9 / 100,0
Aumento3,0
0 / 46
Estável
9 / 200
Aumento6
1991 5.º 124 149
6,1 / 100,0
Aumento1,2
0 / 46
Estável
14 / 200
Aumento5
1995 5.º 96 069
5,0 / 100,0
Baixa1,1
0 / 46
Estável
8 / 200
Baixa6
1999 5.º 96 807
5,0 / 100,0
Estável
0 / 46
Estável
8 / 200
Estável
2003 5.º 156 226
7,4 / 100,0
Aumento2,4
0 / 46
Estável
13 / 200
Aumento5
2007 5.º 222 206
9,6 / 100,0
Aumento2,2
2 / 46
Aumento2
20 / 200
Aumento7
2011 5.º 205 984
8,4 / 100,0
Baixa1,2
2 / 46
Estável
15 / 200
Baixa5
2015'[8] 5.º 177 938
7,1 / 100,0
Baixa1,3
1 / 46
Baixa1
11 / 200
Baixa4
2019 4.º 319 988
13,2 / 100,0
Aumento6,1
5 / 46
Aumento4
28 / 200
Aumento17

Em nível nacional, em 2003, o Partido Verde não estava representado no Conselho de Estados ou no Conselho Federal. Em 2007, dois membros do Partido Verde foram eleitos para o Conselho de Estados.[9]

Em 2005, o partido ocupava 3,8% dos assentos nos governos executivos cantonais suíços e 6,9% nos parlamentos cantonais suíços (índice "BADAC", ponderado com a população e o número de assentos). Em 2007, o Partido Verde esteve representado nos governos dos cantões de Berna, Basileia-Cidade, Genebra (dois ministros), Neuchâtel, Nidwalden, Vaud, Zug (dois ministros) e Zurique.[10]

Eleições para o Conselho Federal[editar | editar código-fonte]

Data Conselheiros
Federais
+/-
1979
0 / 7
1982
0 / 7
Estável
1983
0 / 7
Estável
1984
0 / 7
Estável
1986
0 / 7
Estável
1987
0 / 7
Estável
1989
0 / 7
Estável
1991
0 / 7
Estável
1993
0 / 7
Estável
1995
0 / 7
Estável
1998
0 / 7
Estável
1999
0 / 7
Estável
2000
0 / 7
Estável
2002
0 / 7
Estável
2003
0 / 7
Estável
2006
0 / 7
Estável
2007
0 / 7
Estável
2008
0 / 7
Estável
2009
0 / 7
Estável
2010
0 / 7
Estável
2011
0 / 7
Estável
2015
0 / 7
Estável
2017
0 / 7
Estável
2018
0 / 7
Estável
2019
0 / 7
Estável

Força do partido ao longo do tempo[editar | editar código-fonte]

Porcentagem do total de votos do Partido Verde nas eleições federais de 1971 a 2015[11]
Canton 1971 1975 1979 1983 1987 1991 1995 1999 2003 2007 2011 2015
Switzerland * 0.1 0.6 1.9 4.9 6.1 5.0 5.0 7.4 9.6 8.4 7.1
Zürich *a * 1.3 4.2 8.0 7.0 6.5 4.1 8.5 10.4 8.4 6.9
Bern * * * * 9.2 9.9 5.9 7.5 9.3 12.9 9.4 8.5
Lucerne * * * * * 9.3 8.1 8.0 9.8 9.5 8.3 7.1
Uri * * * * * * * * 30.6 * * 26.3
Schwyz * * * * * * * * * 3.4 3.8 1.4
Nidwalden * * * * * * * * * * 19.6 *
Zug * * * * * * * * * 17.0 15.4 7.2
Freiburg * * * * 4.2 * 2.3 * 4.0 6.3 5.0 5.3
Solothurn * * * * * 7.3 5.8 4.9 6.0 10.0 7.5 5.6
Basel-Stadt * * * * 1.1 4.4 5.6 8.7 9.2 12.1 13.4 11.2
Basel-Landschaft * * * 1.9 6.9 11.0 9.5 9.2 12.6 13.8 13.6 14.2
Schaffhausen * * * * * * * * * * * 3.4
Appenzell A.Rh. * * * * * * * * * * 6.4 *
St. Gallen * * * * * 6.2 4.9 4.0 7.1 6.4 6.4 5.7
Graubünden * * * * * * 3.5 * * * 2.2 *
Aargau * * * * * 6.8 5.3 4.4 5.1 8.1 7.3 5.5
Thurgau * * * 5.9 10.8 9.0 9.3 6.2 7.9 10.2 7.0 5.4
Ticino * * * * 1.9 1.0 1.7 1.4 3.0 4.8 6.7 3.5
Vaud * 1.0 6.4 7.0 8.4 6.3 4.1 7.1 11.3 14.3 11.6 11.3
Valais * * * * 1.7 1.3 1.3 2.1 2.6 3.9 5.0 4.9
Neuchâtel * * * 7.4 7.1 8.0 5.9 14.7 13.8 9.4 11.7 9.3
Genève * * * 7.6 11.5 6.7 5.6 8.2 11.2 16.4 14.0 11.5
Jura b b * * * * * * * * 11.0 7.3
1. ↑a * indica que a parte não estava nas urnas neste cantão.
2. ↑b Parte do cantão de Berna até 1979.

Presidentes do partido[editar | editar código-fonte]

Esta é uma lista incompleta dos presidentes do Partido Verde:

  • Ruth Genner (2001–2008)
  • Ueli Leuenberger (2008–2012)
  • Adèle Thorens Goumaz (co-presidente; 2012–2016)
  • Regula Rytz (2012 - presente; co-presidente até 2012)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências