Partido do Centro Estónio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Partido do Centro Estónio
Eesti Keskerakond
Líder Jüri Ratas
Fundador Edgar Savisaar
Fundação 1991
Registo 26 de outubro de 1998 (23 anos)[1]
Sede Narva mnt 31, Tallinn 10120, Estónia Estónia[2]
Ideologia Pega-tudo
Populismo
Social-liberalismo
Espectro político Centro à centro-esquerda
Publicação Kesknädal
Antecessor Frente Popular da Estónia
Membros Baixa 14,338 (12.01.2022)[3]
Grupo no Parlamento Europeu Renovar a Europa
Riigikogu
25 / 101
Parlamento Europeu
1 / 7
Municípios
297 / 1 729
Cores      Verde
Página oficial
www.keskerakond.ee

O Partido do Centro Estónio (português europeu) ou Partido do Centro Estônio (português brasileiro) (em estoniano: Eesti Keskerakond, EK) é um partido político da Estónia.

O partido foi fundado em 1991, sendo um dos vários partidos que se separaram da Frente Popular da Estónia. Naquela época, o partido era chamado de Partido Popular do Centro (Rahvakeskerakond) para se diferenciar do Partido do Centro Rural (Maa-Keskerakond). Ideologicamente, é dito social-liberal[4][5][6], favorável à economia social de mercado[7][8], além de populista[9][10][11], se destacando como o partido mais popular entre a minoria russa que vive na Estónia.[12] Quanto a espectro político, chega a ser descrito como de centro[6][13] à centro-esquerda[14][15] uma vez que combina elementos do populismo de esquerda e do liberalismo social.[16]

A sigla faz parte do Renovar a Europa e, desde janeiro de 2021, forma um governo de coalizão com o Partido Reformista Estónio.

Resultados eleitorais[editar | editar código-fonte]

Eleições legislativas[editar | editar código-fonte]

Data CI. Votos % +/- Deputados +/- Status
1992 3.º 56 124
12,2 / 100,0
15 / 101
Oposição
1995 3.º 76 634
14,2 / 100,0
Aumento2,0
16 / 101
Aumento1 Governo
1999 1.º 113 378
23,4 / 100,0
Aumento9,2
28 / 101
Aumento12 Oposição
2003 1.º 125 709
25,4 / 100,0
Aumento2,0
28 / 101
Estável Oposição
2007 2.º 143 518
26,1 / 100,0
Aumento0,7
29 / 101
Aumento1 Oposição
2011 2.º 134 124
23,3 / 100,0
Baixa2,8
26 / 101
Baixa3 Oposição
2015 2.º 142 458
24,8 / 100,0
Aumento1,5
27 / 101
Aumento1 Oposição (2015-2016)
Governo (2016-2019)
2019 2.º 118 561
23,0 / 100,0
Baixa1,8
26 / 101
Baixa1 Governo

Eleições europeias[editar | editar código-fonte]

Data CI. Votos % +/- Deputados +/-
2004 2.º 40 704
17,5 / 100,0
1 / 6
2009 1.º 103 506
26,1 / 100,0
Aumento8,6
2 / 6
Aumento1
2014 2.º 73 419
22,4 / 100,0
Baixa3,7
1 / 6
Baixa1
2019 3.º 47 819
14,4 / 100,0
Baixa8,0
1 / 6
Estável

Referências

  1. «Eesti Keskerakond». e-Äriregister (em estoniano). Consultado em 12 de janeiro de 2022 
  2. «Eesti Keskerakond». e-Äriregister (em estoniano). Consultado em 12 de janeiro de 2022 
  3. «Eesti Keskerakond». e-Äriregister (em estoniano). Consultado em 12 de janeiro de 2022 
  4. World and Its Peoples (em inglês). [S.l.]: Marshall Cavendish. 2010. ISBN 9780761478966 
  5. Ramet, Sabrina P. (2010). Central and Southeast European Politics since 1989 (em inglês). [S.l.]: Cambridge University Press. ISBN 9781139487504 
  6. a b Nordsieck, Wolfram. «Estonia». Parties and Elections in Europe (em inglês). Consultado em 12 de setembro de 2015 
  7. «Programm». www.keskerakond.ee (em estoniano). Consultado em 1 de outubro de 2021 
  8. Olesk, Peeter (19 de julho de 2017). «Mis on Keskerakonna ideoloogia?». Õhtuleht (em estoniano). Consultado em 30 de setembro de 2021 
  9. Bugajski, Janusz; Teleki, Ilona (2007). Atlantic Bridges: America's New European Allies (em inglês). [S.l.]: Rowman & Littlefield. p. 192 
  10. Huang, Mel (2005). Eastern Europe: An Introduction to the People, Lands and Culture (em inglês). [S.l.]: ABC-CLIO. p. 89 
  11. A Political and Economic Dictionary of Eastern Europe (em inglês). [S.l.]: Cambridge International Reference on Current Affairs. 2002. p. 201 
  12. «Keskerakond on mitte-eestlaste seas jätkuvalt populaarseim partei - Eesti uudised - Postimees.ee» (em estoniano). Consultado em 12 de setembro de 2015 
  13. Plakans, Andrejs (2011). A Concise History of the Baltic States (em inglês). [S.l.]: Cambridge University Press. p. 424 
  14. Castanheira, Micael; Nicodème, Gaëtan; Profeta, Paola (2010). «On the Political Economics of Taxation». Public Choice e Political Economy (em inglês). [S.l.]: FrancoAngeli. p. 94 
  15. Sikk, Allan (2011). Party Politics in Central and Eastern Europe: Does EU membership matter? (em inglês). [S.l.]: Routledge. p. 60 
  16. Saarts, Tõnis (2015). «Persistence and decline of political parties: the case of Estonia». East European Politics (em inglês). 31. [S.l.: s.n.]