Pastor-branco-suíço

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pastor-branco-suíço
Nome original Berger Blanc Suisse
Outros nomes Pastor branco suíço
País de origem Suíça
Características
Peso 25-40 kg
Altura 53-66 cm na cernelha
Pelo médio; e longo
Cor Branco
Classificação e padrões
Federação Cinológica Internacional
Grupo 1 - Cães de pastoreio e boiadeiros (exceto boiadeiros suíços)
Seção 1 - Cães de pastoreio
Estalão #347 - reconhecido pela FCI
pastor branco suíço

Pastor-branco-suíço[a][b] (em francês: Berger Blanc Suisse ) é uma raça canina desenvolvida na Suíça. Considerada nova, a branco-suíço nasceu a partir de uma variante da pastor-alemão, já que esta raça pode carregar um gene que causa nascimento de exemplares brancos, considerados fora de padrão. Criadores suíços que apreciavam a cor desqualificada, resolveram reunir estes exemplares brancos e formar uma raça separada.[1]

Origem[editar | editar código-fonte]

O avô de "Horand von Grafrath", o fundador da raça dos pastores alemães, era "Griffin" , um pastor branco. Quando a planejada criação do pastor alemão começou com "Horand von Grafrath" e seu irmão "Luchs Sparwasser", eles também passaram seu material genético branco para seus descendentes. Mas o destino não seria bom com os representantes brancos do pastor alemão, porque já em 1933 Max von Stephanitz concordou com a decisão de não permitir a criação de pastores brancos. O pastor branco desapareceu da Alemanha e, com exceção da Grã-Bretanha, não havia exemplar na Europa nos anos sessenta.

Nos Estados Unidos e no Canadá, eles não aderiram à proibição alemã de reprodução e Ann Tracy iniciou sua criação com os filhotes brancos de sua primeira ninhada e HN Hanchett foi o primeiro dos pastores alemães brancos importados para os EUA em 1920 para se reproduzir com eles. Outros criadores fizeram o mesmo. Graças a essa criação direcionada nos Estados Unidos e no Canadá, o Pastor Branco gradualmente se transformou em uma raça separada.

Em 1968, o Pastor Branco foi banido também na América, e ele foi eliminado do padrão.

Em 1969, foi fundada a primeira Associação de Pastores Brancos, o White German Shepherd Dog Club. Como resultado, o pastor branco escapou do destino que se abateu sobre ele na Europa. O White German Shepherd Dog Club do Canadá foi fundado em 1972 e renomeado em 1973 como o White Shepherd Club do Canadá. [2]

"Lobo White Burch" foi o primeiro pastor branco a retornar ao solo europeu. Sua proprietária, Agatha Burch, começou a criar em 1973 com ele e com o cão de importação inglês "White Lilac of Blinkbonny", então Martin Faustmann trouxe o Pastor Branco Suiço de volta à Alemanha nos anos 1980. A importação de cães dos EUA e Canadá logo criou um terreno fértil para a reprodução.

Em 1991, os Pastores Brancos Suíços foram reconhecidos pela primeira vez pela Swiss Cynological Society como uma raça distinta em nível nacional, seguidos pelo pedido de reconhecimento internacional da Suíça e em 4 de julho de 2011, a raça será oficialmente reconhecida pela FCI, não menos importante, como resultado dos esforços dedicados e incansáveis ​​de funcionários e criadores em escala internacional. Com a Suíça como o país líder, a raça recebe o nome de "Berger Blanc Suisse" ("Pastor Branco Suiço").[3][4]

Aparência geral[editar | editar código-fonte]

Poderoso, bem musculoso, de tamanho médio; orelhas eretas; de pelagem dupla de comprimento médio ou longo. De forma alongada; de ossatura média, elegante e com silhueta harmoniosa.[5]

Temperamento esperado[editar | editar código-fonte]

Temperamento alegre e equilibrado, diverte-se em ação, atento com boa habilidade de ser treinado. Amigável e discreto. Alta capacidade social e devotado ao seu dono. Nunca medroso ou agressivo sem ser provocado. Um cão de trabalho e esporte, alegre e fácil de treinar, com capacidade para todo tipo de treinamento. A alta capacidade social permite uma especial habilidade de se adaptar e integrar-se a todos os tipos de situações e eventos sociais.[6]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Pastor branco suíço». Dog Times. Consultado em 21 de novembro de 2011 
  2. «White Shepherd Club of Canada». www.whiteshepherdclub.ca. Consultado em 21 de maio de 2019 
  3. «Rasse – Bundesverein für Weiße Schweizer Schäferhunde e.V.». www.bvws.info (em alemão). Consultado em 21 de maio de 2019 
  4. «Rassezuchtverein für Weisse Schweizer Schäferhunde e.V. - Beschreibung». www.rws-ev.info (em alemão). Consultado em 21 de maio de 2019 
  5. Th-project.com. «Conheça mais sobre sua raça canina favorita com os padrões da CBKC/FCI.». CBKC - Confederação Brasileira de Cinofilia. Consultado em 21 de maio de 2019 
  6. Th-project.com. «Conheça mais sobre sua raça canina favorita com os padrões da CBKC/FCI.». CBKC - Confederação Brasileira de Cinofilia. Consultado em 21 de maio de 2019 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Pastor-branco-suíço


Ícone de esboço Este artigo sobre cães é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.