Pauliceia Desvairada (álbum)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Pauliceia Desvairada
Álbum de estúdio de Made in Brazil
Lançamento 1978
Gênero(s) Pop rock, hard rock, rock and roll
Formato(s) LP
Gravadora(s) RCA Records
Produção Oswaldo Vecchione, Celso Vecchione
Cronologia de Made in Brazil
Jack, O Estripador
(1976)
Minha Vida É Rock 'n' Roll
(1981)

Pauliceia Desvairada é o terceiro álbum de estúdio da banda brasileira de hard rock Made in Brazil (banda), lançado em 1978 pela RCA Records. Produzido por Oswaldo Vecchione e Celso Vecchione, em parceria com o crítico musical e jornalista Ezequiel Neves.[1] No ano de seu lançamento, o disco trouxe algumas inovações em relação aos discos anteriores: o repertório incluía mais baladas e blues, uma sonoridade mais leve,[2] dando uma temática meio pop,[3] com letras mais maduras, deixando a temática rock 'n' roll um pouco de lado, apesar de grande parte do trabalho ainda se manter no gênero;[3] ganhou mais duas cantoras para os backing vocals[1] e além de utilizar muitos instrumentos de sopro.

O disco foi lançado quando a ditadura militar ainda prosseguia no Brasil, com canções inéditas, o disco ainda teve parte de suas letras e títulos modificados pela censura federal.[1]

O disco homenageia o Movimento Modernista de 1922, ano em que a Semana de Arte Moderna renovou a produção artística no Brasil, a parte traseira do LP trouxe um trecho do poema "Lozango Cáqui", de Mário de Andrade.[1] A fotografia da capa foi tirada pelo fotógrafo norte-americano David Drew Zingg.[1]

O álbum teve reconhecimento mediano,[2] levando em conta as paradas musicais da época e as canções que tocaram nas rádios. Porém mesmo assim é considerado pela crítica e pelos fãs como um dos discos mais importantes do rock nacional.[1]

Referências

  1. a b c d e f «Made in Brazil celebra os 40 anos no álbum 'Paulicéia Desvairada'». combaterock.blogosfera.uol.com.br. Consultado em 12 de maio de 2019 
  2. a b «Made In Brazil - Discografia comentada no site Galeria Musical». www.galeriamusical.com.br. Consultado em 12 de maio de 2019 
  3. a b «VAI UM SOM AÍ?: Made in Brazil - "Paulicéia Desvairada" foi lançado em 1978, formação: Caio Flávio vocal, Oswaldo Vecchione baixo, Naná guitarra, Franklin Paolilo bateria. Terceiro álbum do 'Made', "Paulicéia Desvairada" mantém a mesma pegada Rock & Roll da banda. A principal diferença para os outros discos fica no vocal. Dessa vez os vocais ficaram com Caio Flávio, e comparando-o aos vocalistas anteriores, ele fica um degrau abaixo. Em alguns momentos ele acaba soando Pop demais. Apesar disso, o álbum conta com músicas muito bem trabalhadas, com bastante uso de instrumentos de sopro e backing vocals. A faixa de abertura é "Gasolina", e letra mais atual do que essa, impossível! Os músicos reclamam da falta de grana e do preço da gasolina, que está muito cara. Pois é, qualquer semelhança com hoje não é mera coincidência. Depois tem a balada "Amanhã é um Novo Dia", seguida pelo Blues de "Eu Vou Estar Com Você". A próxima é "Eu Não Sei Se Mudaria", com um ritmo mais 'Funkado'. Bem interessante. A sexta música dá o título ao álbum, "Paulicéia Desvairada". Uma homenagem à São Paulo, bem Rock & Roll. Mantendo a pegada, vem "Uma Banda Made in Brazil", uma auto-biografia da banda. A décima é "Massacre", uma levada mais Hard Rock. E a última faixa é a interessante "A Primeira Vez que Você me Deixou"(cometarock.blogspot.com).». VAI UM SOM AÍ?. Segunda-feira, 3 de março de 2014. Consultado em 12 de maio de 2019  Verifique data em: |data= (ajuda)