Paulo Castilho (escritor)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Paulo Castilho
Nascimento 10 de fevereiro de 1944 (73 anos)
Matosinhos
Nacionalidade Portugal portuguesa
Ocupação Escritor e diplomata
Prémios Prémio Diário de Notícias
Grande Prémio de Romance e Novela APE/IPLB (1989)
Prémio Municipal Eça de Queirós (1989)
Prémio P.E.N. Clube Português de Novelística (1990)

Prémio Fernando Namora (2012)

Magnum opus Fora de Horas

Paulo Castilho (Matosinhos, 10 de Fevereiro de 1944) é um escritor e diplomata português[1].

Licenciou-se em Direito, na Universidade de Lisboa[2].

Como diplomata esteve em Washington, D.C. no perído de 1970 a 1971[1] e Londres (conselheiro da embaixada)[2] no período de 1980 a 1985[1]. Foi ainda, embaixador em Estocolmo e na Letónia[2].

Obras literárias[editar | editar código-fonte]

  • O Outro Lado do Espelho (1983) (romance)[1]
  • Fora de Horas (1989) (romance)[1]
  • Sinais Exteriores (1993) (romance)[1]
  • Parte Incerta (1997) (romance)[1]
  • Por Outra Palavras (2000) (romance)[1]
  • Letra e Música (2008) (romance)
  • Domínio Público (2011) (romance)

Prémios[editar | editar código-fonte]


Books-aj.svg aj ashton 01.png A Wikipédia possui o
Portal de Literatura

Referências

  1. a b c d e f g h Enciclopédia Larousse (vol. 4) ISBN 978-972-759-924-0
  2. a b c História de Portugal - Dicionário de Personalidades (Vol. XIII) ISBN 989-554-118-X
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.