Pavilhão de Portugal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pavilhão de Portugal
Pavilhão de Portugal, vista posterior
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Pavilhão de Portugal

O Pavilhão de Portugal na Exposição Mundial de 1998 (Expo'98), situado no Parque das Nações em Lisboa, Portugal foi o edifício responsável por abrigar a representação nacional portuguesa naquele evento, estando erigido até hoje. O projecto foi desenvolvido por Álvaro Siza Vieira.

O edifício tem por área de entrada uma ampla praça coberta por uma imponente pala de betão pré-esforçado, que se baseia na ideia de uma folha de papel pousada em dois tijolos, abrindo o espaço à cidade para albergar os diversos eventos que um espaço desta escala acolhe.

Pós expo[editar | editar código-fonte]

Após a exposição o edifício ficou devoluto à espera de utilização.

As propostas foram várias, desde o reaproveitamento do espaço para uma Sede do Conselho de Ministros, até à criação de um museu de arquitectura.

Foi classificado como Monumento de Interesse Público (MIP) pelo IGESPAR em 30 de março de 2010. [1]

Em março de 2015, foi anunciado na imprensa que o Pavilhão de Portugal vai ser vendido, para regularizar parte da dívida da Parque Expo ao Estado.[2]

Em maio de 2015, foi anunciado pelo ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, Jorge Moreira da Silva, que o Pavilhão foi entregue a título definitivo à Universidade de Lisboa, que ficará responsável pela sua manutenção. A universidade pretende uma actividade muito intensa em áreas como a educação, a investigação científica, a promoção de conhecimento e a passagem para a sociedade do trabalho que é desenvolvido pela Universidade de Lisboa.[3]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Património de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Pavilhão de Portugal