Pedregal (Campina Grande)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Zona Zona Oeste
Zona Oeste
População (IBGE, 2002)
 - Bairro do Brasil 9,267
 - Urbana 9,267
 - Rural 0
 - Homens 4,569
 - Mulheres 4,698
Rendimento médio mensal 206,11
Alfabetização 63,9
Fonte: Não disponível
Mapa dos bairros de Campina Grande

O Pedregal é um bairro brasileiro localizado na zona oeste da cidade de Campina Grande, na Paraíba. Atualmente, o Pedregal é delimitado oficialmente como um bairro, porém a sua origem é uma ocupação irregular que se deu ao longo do tempo e de forma individual, caracterizando-se como uma favela. As suas condições em termos de infraestrutura e de edificações não se apresentam de forma homogênea, havendo espaços onde foram instalados grande parte dos equipamentos urbanos e, outros, completamente desprovidos de qualquer um destes. Assim, existem Pedregal I, II, III e IV. O Pedregal é caracterizado pela existência de micro empresas calçadista e mercadinhos. Contendo também 2 creches municipais, 3 escolas municipais e escola estadual.

PEDREGAL III E IV

A Favela do Pedregal III e IV constitui-se numa das mais antigas favelas de Campina Grande, ocorreu na década de 1980, e é a mais próxima da área central. Conforme a população foi chegando foram sendo formadas quadras extensas e densamente habitadas. Os lotes não apresentavam formas ou dimensões padronizadas e as habitações foram construídas de forma precária. Para se ter idéia da precariedade das ruas, segundo relatos de moradores mais antigos, nessas vias não passava nenhum meio de transporte. Quando alguém adoecia ou falecia era levado nos braços ou em lençóis. Os moradores também relatam que não existia esgoto sanitário e todos os dejetos eram jogados nas ruas. A passagem pelas “ruas” era feita a partir da colocação de madeiras para evitar que pisassem nas valas. Dessa maneira, conseguimos imaginar como essa população estava sujeita à precariedade da habitação e, portanto da vida. Atualmente, denominado bairros, o Pedregal III e IV está passando por uma “reforma”, denominada pela Prefeitura Municipal de “urbanização”, programa que está inserido no Programa Habitar Brasil/BID e vem sendo executado pela gestão municipal em parceria com o Governo Federal e outros órgãos. O programa tem como finalidade melhorar a qualidade de vida da população e a infra-estrutura do bairro. A proposta de “urbanização” está baseada em várias atividades como: regularização fundiária, urbanização do traçado urbanístico, construção da rede de esgotamento sanitário, construção de equipamentos comunitários, recuperação de moradias, ampliação do serviço de transporte coletivo, dentre outros. Contudo, vale destacar que o Pedregal ainda apresenta grandes problemas, porém é indispensável reconhecermos que o Programa de Urbanização que vem sendo executado melhorou bastante a qualidade de vida de grande parte da população, embora ainda não seja o ideal. A área não constitui um todo homogêneo, existe uma grande parte que possui rede de esgoto e ruas pavimentadas, e outra parte sem saneamento e moradias instáveis e precárias. Com a reforma, como não havia um arruamento definido e era densamente povoado, muitas casas foram demolidas e as famílias foram indenizadas, outras receberam moradias construídas no Loteamento Sonho Meu, localizado no bairro Bodocongó (porção oeste da cidade). Muitas casas foram reformadas, sendo na maioria realizadas obras de adequação da construção e das instalações sanitárias. Contudo, apesar das obras e dos melhoramentos nas habitações e na infra-estrutura da área, a população continua passando pela discriminação com relação ao fato de residirem no Pedregal. A grande dificuldade é na procura de emprego. Através da coleta de depoimentos, muitos afirmaram que quando mencionam morar no Pedregal são banidos e as pessoas negam de imediato o trabalho. Isso mostra que as políticas habitacionais precisam ser repensadas para que estas populações pobres possam ter o direto à cidade e à justiça social. Constatamos ainda que a população residente no Pedregal III e IV se constitui numa população de baixa renda, cuja maioria (84,2%) possui uma renda mensal entre menos de 1 a 2 salários mínimos e que geralmente trabalha em atividades informais recebendo uma quantia insuficiente para a sobrevivência. Por conseguinte, esses moradores devido aos baixos salários não têm condições de adquirir uma moradia em outra parte da cidade com melhor infra-estrutura e serviços públicos. Em contrapartida, geralmente os gestores públicos e a sociedade não enxergam as favelas ou os bairros marginais e populares como bairros da cidade, onde existem pessoas querendo trabalhar, produzir, melhorar a qualidade de vida. Mas, sim os vêem como mercado de votos, sendo necessários apenas nos momentos das eleições. Vale acrescentar que durante a aplicação dos questionários, perguntamos aos moradores se os políticos visitavam o bairro e dialogavam com eles sobre as suas necessidades. As respostas eram sempre as mesmas: “político por aqui só aparece em época de campanha”.

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios da Paraíba é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Bandeira de Campina Grande Bairros e distritos de Campina Grande

Paraíba, Nordeste, Brasil Bandeira da Paraíba Bandeira do Brasil

Zona Norte


Alto Branco | Araxá | Bairros das Nações | Centro | Conceição | Cuités | Jardim Continental | Jardim Tavares | Jeremias | Lauritzen | Louzeiro | Monte Santo | Novo Bodocongó | Palmeira

Zona Sul


Acácio Figueiredo | Bairro das Cidades | Catolé | Catolé de Zé Ferreira | Cruzeiro | Distrito Industrial | Estação Velha | Itararé | Jardim Paulistano | Liberdade | Presidente Médici | Sandra Cavalcante | São José | Tambor | Três Irmãs | Velame | Vila Cabral

Zona Leste


Cachoeira | Castelo Branco | Glória | José Pinheiro | Mirante | Monte Castelo | Nova Brasília | Santa Terezinha | Santo Antônio

Zona Oeste


Bela Vista | Bodocongó | Centenário | Dinamérica | Jardim Borborema | Jardim Verdejante | Malvinas | Pedregal | Prata | Quarenta | Ramadinha | Santa Cruz | Santa Rosa | Serrotão | Universitário

Distritos


Catolé | Galante | Marinho | Santa Terezinha | São José da Mata