Philip Morris International

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Philip Morris International
Philip Morris International Inc.
Tipo Empresa de capital aberto
Cotação NYSE: PM
Componente da S&P 500
Indústria Tabaco
Gênero Incorporation
Fundação 1900 (116 anos)
Sede Cidade de Nova York,  Nova Iorque,  Estados Unidos
Áreas servidas Mundial (excluindo os Estados Unidos)
Pessoas-chave Louis Camilleri (Chairman)
André Calantzopoulos, (CEO)
Empregados 82,500 (2014)
Produtos Cigarros, charutos, tabaco, rapé, mortalhas de enrolar tabaco de corte fino e tubos
Subsidiárias Sampoerna
PMFTC, Inc.
Benson & Hedges
Papastratos Philip Morris International
Ativos Baixa US$ 35.187 bilhões (2014)
Lucro Baixa US$ 7.658 bilhões (2014)
LAJIR Baixa US$ 11.702 bilhões (2014)
Faturamento Aumento US$ 80.106 bilhões (2014)
Página oficial pmi.com

A Philip Morris International (NYSE: PM) é uma empresa multinacional produtora de tabaco e seus derivados, com produtos vendidos em mais de 180 países. Em 2010, sua participação no mercado internacional de cigarros, excluindo os Estados Unidos, era de 16% e excluindo a China e os Estados Unidos era de 27,6%. Seu centro de operações está localizado em Lausanne, Suíça.

É proprietária da empresa portuguesa Tabaqueira S/A desde 1997. A Tabaqueira, empresa industrial de tabacos, com fábrica e sede em Albarraque, Concelho de Sintra, Distrito de Lisboa, é a única empresa de tabacos em Portugal continental. Umas das marcas populares produzidos por esta empresa são: Malboro, Chesterfield, L&M, entre outras...

Até março de 2008, a Philip Morris International era uma empresa integrante do grupo Altria, que ficou com apenas com a Philip Morris USA.

No brasil opera através da marca Philip Morris Brasil.

Controvérsias e disputas de saúde pública[editar | editar código-fonte]

08 de Julio de 2016, Uruguai vence causa e Philip Morris deverá pagar US$ 7 milhões ao país. A empresa de tabaco americana Philip Morris terá que pagar US$ 7 milhões ao Uruguai como resultado do processo que a empresa abriu em 2010 contra as políticas antitabaco do país.

A multinacional, que tem matriz na cidade suíça de Lausanne, processou o Uruguai perante o Ciadi, dependente do Banco Mundial, em 2010, alegando descumprimento por parte da nação sul-americana de um Tratado Bilateral de Investimento com a Suíça.

O processo foi motivado pela medidas antitabaco do presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, durante seu primeiro mandato (2005-2010), que estabeleceu a obrigação de que em 80% da superfície dos pacotes de tabaco estejam relatados os riscos acarretados pelo hábito de fumar. Após conhecer o laudo, Vázquez realizou um discurso televisivo e radiofônico no qual exclamou que o Estado Uruguaio saiu ganhador e "as pretensões das tabacarias foram categoricamente rechaçadas".

"As medidas sanitárias que implantamos para o controle do tabaco e a proteção da saúde de nosso povo foram expressamente reconhecidas como legítimas e, além disso, adotadas em função do poder soberano de nossa República", afirmou o presidente.

"Expusemos na arbitragem que não é admissível priorizar os aspectos comerciais acima da defesa de direitos fundamentais como são a vida e a saúde", ressaltou.

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.

fabrica o marlboro