Pierre-Henri Raphanel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pierre-Henri Raphanel
Informações pessoais
Nome completo Pierre-Henri Raphanel
Nacionalidade francês
Nascimento 27 de maio de 1961 (58 anos)
Argel, Argélia
Registros na Fórmula 1
Temporadas 19881989
GPs disputados 17 (1 largada)
Títulos 0 (36º em 1988)
Vitórias 0
Pódios 0
Pontos 0
Pole positions 0
Primeiro GP Austrália Austrália 1988
(não-classificado)
Último GP Austrália Austrália 1989
(não-classificado)
Registros nas 24 Horas de Le Mans
Edições 1986–1998, 2000
Vitórias em classe(s) 1 (Classe GT1, 1997)

Pierre-Henri Raphanel (Argel, 27 de maio de 1961) é um ex-piloto de Fórmula 1 da França.[1]

Dados biográficos[editar | editar código-fonte]

Filho de pais franceses, nasceu na Argélia em 1961 e mudou-se para o sul da França após a Guerra de Independência Argelina.[nota 1] Criado no sul do país, Raphanel tornou-se campeão francês de kart aos 20 anos, o que garantiu sua participação num programa da Marlboro denominado "Cherche son Pilote". Patrocinado pela referida marca, estreou na Fórmula 3 em 1984 a bordo de um Martini pertencente à Oreca, equipe na qual venceu o campeonato francês em 1985. Após uma passagem discreta pela Fórmula 3000, foi terceiro colocado nas 24 Horas de Le Mans de 1987 ao lado de Yves Courage e do belga Hervé Regout.[1]

Sua estreia na Fórmula 1 aconteceu via Larrousse no Grande Prêmio da Austrália de 1988 e em sua passagem de um ano pela categoria máxima do automobilismo classificou-se apenas para disputar o Grande Prêmio de Mônaco de 1989 pela Coloni, mas não completou a prova. Naquele mesmo ano transferiu-se à Rial, mas sua falta de resultados o fizeram sair da Fórmula 1 no Grande Prêmio da Austrália de 1989. Ao todo correu junto a cinco companheiros de equipe, dos quais o mais frequente foi o brasileiro Roberto Moreno.[2] De volta à pista de Le Mans foi vice-campeão em 1992 e 1997.[3][4]

Atualmente é piloto oficial da Bugatti e detentor do recorde de velocidade para carros de série ao atingir a marca de 434,2 km/h, em julho de 2010, na Alemanha, também por isso seu nome é muito associado ao Veyron 16.4 Super Sport.

Notas

  1. Pierre-Henri Raphanel é cidadão francês porque, ao nascer, ainda existia a Argélia Francesa, região que conquistaria sua independência apenas em 1962.

Referências

  1. a b «Biografia de Pierre-Henri Raphanel (em inglês) (grandprix.com)». Consultado em 31 de agosto de 2018 
  2. «Carreira de Pierre-Henri Raphanel na Fórmula 1 (em inglês) (chicane.com)». Consultado em 31 de agosto de 2018 
  3. Peugeot vence as 24h de Le Mans (online). Jornal do Brasil, Rio de Janeiro (RJ), 22/06/1992. Esportes, pág. 05. Página visitada em 31 de agosto de 2018.
  4. Piquet pára (sic). Dá Alboreto em Le Mans (online). Jornal do Brasil, Rio de Janeiro (RJ), 16/06/1997. Esportes, pág. 06. Página visitada em 31 de agosto de 2018.