Pierre d'Ailly

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pierre d'Ailly
Nascimento 1350
Compiègne
Morte 9 de agosto de 1420 (70 anos)
Avinhão
Cidadania França
Ocupação teólogo, astrólogo, professor, filósofo, padre católico, cartógrafo, astrônomo
Empregador Universidade de Paris
Magnum opus Imago mundi
Título Príncipe-bispo
Religião Igreja Católica

Pierre d'Ailly, Pedro de Ailly, (Compiègne, 1350Avinhão, 9 de Agosto de 1420) foi um prelado, um teólogo e cardeal francês.

Nomeado cardeal em 1412, procurou pôr fim ao Grande Cisma, especialmente ao reclamar no Concílio de Constança - onde atacou violentamente a heresia hussita - a reforma da Cúria Romana e a criação de um concílio geral a qual o Papa teria de se submeter. Homem de letras, escreveu cerca de 170 obras. Na Imago mundi levantou o problema - nessa época de capital importância - da forma redonda da Terra e pressentiu, antes de Copérnico, o movimento de rotação do nosso planeta em volta do próprio eixo. É autor da notável obra De Emendatione Ecclesia que significa Acerca da reforma da igreja.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.