Poço do Canto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
 Portugal Poço do Canto  
—  Freguesia  —
Bandeira de Poço do Canto
Bandeira
Brasão de armas de Poço do Canto
Brasão de armas
Poço do Canto está localizado em: Portugal Continental
Poço do Canto
Localização de Poço do Canto em Portugal
Coordenadas 40° 59' 58" N 7° 16' 06" O
País  Portugal
Concelho MDA-mêda.JPG Mêda
Administração
 - Tipo Junta de freguesia
 - Presidente Jorge Miguel Graça Lourenço (G.C.E.)
Área
 - Total 16,22 km²
População (2011)
 - Total 443
    • Densidade 27,3 hab./km²
Código postal 6430-335
Orago Nossa Senhora das Dores
Sítio Freguesia do Poço do Canto

Poço do Canto é uma freguesia portuguesa do concelho de Mêda, com 16,22 km² de área e 443 habitantes (2011). A sua densidade populacional é de 27,3 hab/km².

A freguesia do Poço do Canto integra o concelho da Mêda desde 6 de Novembro de 1836, depois de ter feito parte do de Ranhados, extinto pela Revolução Setembrista em favor do concelho da Mêda. Dista cinco quilómetros de Mêda. A esta freguesia pertencem os lugares limítrofes de Cancelos de Cima, Cancelos de Baixo, Cancelos do Meio, Sequeiros e Vale de Porco. Nas proximidades do Poço do Canto está situado o monte de Santa Colomba, de onde se avista um panorama verdadeiramente soberbo.

A sua festa, em honra do Divino Espírito Santo, realiza-se todos os anos 7 semanas depois da Páscoa.

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Poço do Canto [1]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
870 922 1 019 1 188 1 196 1 092 1 170 1 355 1 225 1 118 847 828 723 591 443

A demografia da freguesia é afectada pelo fenómeno da emigração. Uma significativa parte dos habitantes emigrou para França. Há também famílias ausentes no Luxemburgo e Suíça.

Produção agrícola[editar | editar código-fonte]

Nesta região há muitos terrenos com cultivo de vinhas, quer para produção de vinho do Porto, quer para vinhos correntes tintos e brancos. A produção de azeite, milho, trigo e batata complementa a principal produção agrícola.

Nesta freguesia produz-se um vinho de consumo (tipo palhete, muito aromático, gasoso e bem apaladado, muito procurado e apreciado), assim como azeite de qualidade, que constituem a riqueza e fonte de receita dos seus habitantes. Aí existe ainda um pequena indústria ligada à moagem de cereais.

Os antigos castanheiros, que em tempos remotos cobriam as suas terras de soutos, foram sendo substituídos pelos vinhedos, daqui saindo anualmente uma significativa produção de vinho.

Património[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.